Natação faz Speedo líder em medalhas no Pan-2011

Dez ouros conquistados pela natação fizeram Speedo ultrapassar Nike - Crédito Jefferson Bernardes / VIPCOMM

Dez ouros conquistados pela natação fizeram Speedo ultrapassar Nike - Crédito Jefferson Bernardes / VIPCOMM

Enquanto o Bradesco é o patrocinador de confederações que mais rendeu medalhas ao Brasil no Panamericano de Guadalajara, finalizado no último domingo (30) no México, a Speedo é a marca que obteve a melhor colocação no ranking de fabricantes de materiais esportivos da Máquina do Esporte. A natação a colocou à frente da Nike.

A Speedo é fornecedora de equipamentos para a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), e portanto esteve presente não somente na natação, responsável por angariar dez ouros, nove pratas e seis bronzes, mas em nado sincronizado, polo aquático e saltos ornamentais. As três modalidades renderam mais cinco bronzes.

A Nike, soberana entre esportes praticados em terra firme, voltou ao Brasil também com dez ouros conquistados no atletismo, mas conseguiu sete pratas e oito bronzes, abaixo do patamar atingido pela Speedo nesses quesitos. Fornecedora de atletismo, basquete e futebol, a empresa norte-americana viu a natação superar todos eles.

A terceira colocação no ranking pertence à Mizuno, parceira da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). Como os judocas brasileiros conseguiram seis ouros, três pratas e quatro bronzes nas competições no México, a fornecedora conseguiu bater a Olympikus, que obteve "apenas" seis ouros ao patrocinar órgãos de patinação, triatlo e vôlei.

A Penalty vem em seguida, no quinto lugar, com cinco ouros e uma prata. A fabricante de materiais esportivos brasileira também é parceira da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) e ainda fornece artigos para a Confederação Brasileira de Handebol (CBH), que rendeu ao Brasil uma medalha de ouro e uma de prata com suas seleções.

A tabela é composta também por, em ordem de classificação, Travel Ace Assistance, Aquasphere, Peter Food, América, Pony e Physicus, todas fornecedoras de confederações que não renderam tantas medalhas. A Olympikus, por ser patrocinadora do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), expôs sua marca em todos os pódios e medalhistas.

Leia mais:

Bradesco lidera quadro de medalhas do Pan-2011