Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Náutico veta ?macacão de F-1? em camisa

Náutico veta ?macacão de F-1? em camisa

Guilherme Costa em São Paulo - SP Publicado em 19/12/2008, às 08h00 - Atualizado às 10h00

A diretoria do Náutico projeta uma alteração contundente em seu direcionamento de marketing para a próxima temporada. O clube pernambucano pretende mudar a relação com seus patrocinadores, reduzindo o número de marcas estampadas em seus uniformes para aumentar a exposição e a chance de explorar seus parceiros. Nesta temporada, o Náutico estampou cinco marcas em seus uniformes. Energil C, Frevo, Minasgás, Rapidão Cometa e Rota do Mar foram as empresas que se associaram à equipe alvirrubra. A idéia da diretoria é reduzir esse número para apenas dois patrocinadores a partir de 2009. ?A intenção é acabar com aquele macacão de Fórmula 1, que foi a nossa camisa até este ano. Queremos manter só um dos anunciantes, talvez dois. O projeto é ter menos marcas para poder trabalhar mais com elas?, confirmou Roberto Varela, vice-presidente de marketing do clube pernambucano. A Minasgás é uma das empresas mais cotadas para seguir no uniforme do Náutico, estampando as mangas. Outro parceiro atual que apresentou proposta ao clube foi a Energil C, que pode ser a nova patrocinadora master (peito e costas). ?Estamos com duas boas propostas: uma de um produto que está chegando ao Recife, outra de uma marca que já esteve em grandes clubes. Trabalhamos com algumas possibilidades para fechar o quanto antes?, completou Varela. Em 2008, o posto de principal patrocinador do Náutico foi a Rapidão Cometa. Contudo, Varela considera remota a chance de manter essa marca para a próxima temporada: ?Nós conversamos, até porque os donos são membros da nossa diretoria. Eles nos colocaram muito à vontade para tomar uma decisão, e achamos que o melhor agora é procurar um anunciante que tenha produtos de consumo. Eles já estão até concentrados em outras atividades?. A prioridade da diretoria do Náutico é fechar com empresas nacionais que tenham produtos de consumo. A negociação para a cota master pode ser fechada ainda nesta sexta-feira, em reunião que será realizada em Recife.