Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

NBA House consolida estilo de vida do basquete

Casa da liga americana em São Paulo vira sucesso de público que vai além do esporte

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 30/05/2019, às 09h17 - Atualizado às 12h17

Imagem NBA House consolida estilo de vida do basquete

Na noite desta quinta-feira (30), a NBA House no estacionamento do shopping Eldorado, em São Paulo, deve receber cerca de 2 mil pessoas para acompanhar ao primeiro duelo da série melhor de sete jogos entre Golden State Warriors e Toronto Raptors para decidir o campeão da temporada da NBA.

O público deve representar o maior que já se reuniu para assistir a um jogo da liga americana de basquete que não acontece em solo brasileiro. E, no que depender do interesse do torcedor, a história deve se repetir também nas outras partidas que podem dar o título inédito a Toronto ou consagrar a dinastia dos Warriors.

Iniciativa exclusiva da liga no Brasil, a NBA House se transformou numa espécie de celebração à cultura do basquete no país. Com maciça divulgação na mídia, o espaço tornou-se desejo do torcedor que acompanha cada vez mais a NBA na TV.

Convidados fazem fila para entrar na festa de abertura da NBA House - Foto: Inovafoto/Divulgação

São Paulo é a quinta cidade a abrigar a casa, que foi criada em Londres, para as Olimpíadas de 2012, voltou em 2014, em Madri, na Copa do Mundo de basquete, chegou em 2015 a Nova York e, em 2016, ao Rio, também durante as Olimpíadas.

O sucesso no Brasil fez a NBA reproduzir, em 2017 e 2018, uma versão reduzida da casa, abrindo apenas em alguns jogos das finais. Agora, porém, o negócio tomou nova dimensão. Com quatro patrocinadores: Budweiser, Gatorade, Nescau e Vivo, além de quatro parceiros de mídia (ESPN, Band, Sportv e Elemídia), a casa vai abrir não só para as partidas, mas também durante os finais de semana, para que jovens torcedores possam se divertir com várias estações para a prática do jogo.

"A NBA House é hoje, sem dúvidas, a maior ativação da NBA na América Latina, pela estrutura, pelo tempo de ativação, pelas marcas e número de profissionais envolvidos, expectativa de público. Queremos dar a melhor experiência possível para os fãs, criar a mesma atmosfera que o público encontra quando vai a uma arena", disse Rodrigo Vicentini, head da NBA no Brasil, à Máquina do Esporte.

Para promover a casa, a NBA criou uma intensa estratégia de divulgação. Além dos parceiros de mídia, a liga nomeou um time de embaixadores, que vão desde figuras do esporte, como Oscar e Janeth, passam por pessoas da mídia (Everaldo Marques, da ESPN, e Marcos Mion, da Record são dois deles) e chega até influenciadores digitais, como os youtubers Fred (Desimpedidos) e Felipe Castanhari.

No sábado, a casa abrirá para o público familiar entre 14h30 e 17h30, horário em que é permitido fã de qualquer idade. De noite, o espaço receberá o torcedor acima de 18 anos para o segundo duelo decisivo. Ao todo, a casa ficará aberta pelo menos dez dias. Se as finais forem até o sétimo jogo, serão 12 dias de eventos.

Confira abaixo a programação da casa. Clique AQUI para comprar ingressos.

30/5 • JOGO 1 - Abertura da casa a partir das 19h
1°/6 • FAN DAY - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e 18h às 21h (sessão 2)
2/6 • FAN DAY E JOGO 2* - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e a partir das 19h (jogo 2)
5/6 • JOGO 3 - Abertura da casa a partir das 19h
7/6 • JOGO 4* - Abertura da casa a partir das 19h
8/6 • FAN DAY - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e 18h às 21h (sessão 2)
9/6 • FAN DAY - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e 18h às 21h (sessão 2)
10/6 • JOGO 5 (se houver) - Abertura a partir das 19h
13/6 • JOGO 6 (se houver) - Abertura a partir das 19h
15/6 • FAN DAY - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e 18h às 21h (sessão 2)
16/6 • FAN DAY E JOGO 7 - 14h30 às 17h30 (sessão 1) e a partir das 19h (se houver)

** Os ingressos para os Jogos 2 e 4 já estão esgotados