Nem Ronaldo segura Ibope corintiano

Presença de Ronaldo não salvou nem o time nem o Ibope

Presença de Ronaldo não salvou nem o time nem o Ibope

No último domingo, o Corinthians enfrentou o Guarani, em Campinas, em busca de uma vitória que afastaria a má fase vivida pelo clube, que não vence há sete jogos. No entanto, Fábio Carille, o técnico interino que será substituído por Tite nesta terça-feira, não conseguiu triunfar em Campinas, em uma partida morna que afastou os torcedores da televisão, mesmo com a presença do ídolo Ronaldo.

O atacante virou o grande trunfo do time para reconquistar os pontos perdidos. Ronaldo fez um bom primeiro tempo, fazendo dois gols anulados incorretamente. Na última vez que esteve em campo, há dez partidas, sua participação foi bem mais tímida e, ainda assim, rendeu 27 pontos de audiência à Globo, em uma quarta-feira à noite.

Mesmo com um horário não tão propício a uma audiência alta, na tarde de domingo, Ronaldo e Cia. não proporcionaram nenhum movimento brusco no Ibope de São Paulo, o que era de se esperar de um time que busca o título nacional, em um campeonato que inicia as suas rodadas finais.

O placar em branco, sem gols, não animou os torcedores de televisão. Corinthians e Guarani tiveram 19 pontos de média na rede Globo, e sete pontos na rede Bandeirantes, com 9 de pico. Longe de ser um desastre, mas são números que estão aquém do esperado dentro das circunst"ncias vividas pelo Corinthians no Campeonato Brasileiro.

A descrença do torcedor corintiano se evidencia quando a audiência do jogo é comparada ao número alcançado na mesma 30ª rodada do campeonato, mas a de 2009. Naquele ano, o jogo escolhido para essa circunst"ncia, em um domingo, também foi o do Corinthians.

Contra o Sport, o time do Parque São Jorge estava no meio da tabela e pouco ambicionava no Campeonato. Classificado para a Libertadores e sem chances reais de título, o time apenas cumpria tabela. Mesmo com derrota por 2 a 0, a presença do clube conseguiu 22 pontos de audiência na rede Globo e cinco na Bandeirantes.

No domingo anterior, o jogo escolhido pelas emissoras foi o duelo entre Botafogo e Palmeiras. O time alviverde tem remotas chances de se classificar à Libertadores pelo Campeonato Brasileiro, já declarado pelo técnico Luiz Felipe Scolari como segundo plano. A Globo conseguiu 17 pontos de média no Ibope.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.