Nestlé renova com Osasco por mais um ano

Jaqueline: a ponta foi a principal contratação da Nestlé para o Osasco

Jaqueline: a ponta foi a principal contratação da Nestlé para o Osasco

Nesta quinta-feira, a torcida do Osasco pode respirar aliviada duas vezes. Além de passar pelo Banana Boat/Praia Clube e chegar às semifinais da Superliga Feminina, o clube acertou a renovação com a Nestlé por pelo menos mais uma temporada. Dessa maneira, o time deve manter o nome Sollys/Osasco por mais um ano.

A parceria está vigente desde 2009, após a Finasa, do Bradesco, deixar de patrocinar a equipe. O clube ainda se sustentou por alguns meses, com uma união de empresários de Osasco, mas voltou a se fortalecer quando a Nestlé fechou o contrato, em um acordo semelhante ao anterior.

Antes do Osasco, a Nestlé esteve no vôlei com o Sorocaba, que usava o nome Leite Moça, uma das principais marcas da empresa. Chegou a migrar para Jundiaí, mas, após um período de afastamento, estabeleceu-se no Osasco, local onde houve comoção entre torcedores para a manutenção da equipe.

Quando chegou em 2009, optou pelo uso da marca Sollys, criada dois anos antes, para tentar alcançar a liderança no mercado de produtos de soja. Além de manter o elenco da época, a empresa contratou a ponta Jaqueline, da seleção brasileira, que permanece até hoje como estrela do time de Osasco.