Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

NFL emplaca 37 das 50 maiores audiências esportivas dos EUA em 2014

Final da Copa do Mundo ocupa apenas 23ª posição na TV norte-americana no ano passado

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 12/01/2015, às 08h00 - Atualizado às 10h00

Imagem NFL emplaca 37 das 50 maiores audiências esportivas dos EUA em 2014

Seattle Seahawks e Denver Broncos no Super Bowl-2014

A NFL foi responsável por 37 dos 50 eventos esportivos de maior audiência na TV dos Estados Unidos em 2014. Ou seja, 74% das maiores audiências ficaram com a liga de futebol americano.

Como de costume, o Super Bowl (final da NFL) foi o evento mais assistido, com público recorde de 112,2 milhões de espectadores no país. A segunda posição ficou com a decisão da Conferência Nacional da NFL, entre Seattle Seahawks e San Francisco 49ers, vista por 55,9 milhões de pessoas. A final da Conferência Americana, entre New England Patriots e Denver Broncos, teve audiência de 51,3 milhões de pessoas.

Apesar do amplo domínio, a liga de futebol americano sofreu concorrência maior em um ano que houve Jogos de Inverno e Copa do Mundo de futebol. Em 2013, dos 50 eventos esportivos de maior público televisivo, a NFL abocanhou 46 lugares.

A competição disputada em Sochi, na Rússia, foi o segundo evento que gerou mais interesse. Os Jogos de Inverno conseguiram colocar 8 transmissões entre as 50 mais assistidas pelos norte-americanos no ano passado. A transmissão esportiva mais vista, fora o futebol americano, foi a festa de abertura, que ocupou a 10ª posição da tabela, com 31,7 milhões de telespectadores.

A final da Copa do Mundo do Brasil, entre Alemanha e Argentina, conseguiu apenas a 23ª posição do levantamento, com 26,5 milhões de pessoas acompanhando. O jogo empatou com a partida entre Philadelphia Eagles e Green Bay Packers, válido pela temporada regular da NFL.

Três jogos do Mundial da Fifa tiveram audiência top 50. Além da decisão, EUA x Portugal foi visto por 24,7 milhões de pessoas, e EUA x Bélgica teve acompanhamento de 21,6 milhões de torcedores.

Os únicos eventos fora NFL, Olimpíada e Copa do Mundo a figurar no top 50 foram a final do futebol americano universitário, na 28ª posição (26,1 milhões de pessoas), e o jogo final da MLB (liga norte-americana de beisebol), entre San Francisco Giants e Kansas City Royals, em 40º lugar (23,5 milhões de torcedores).

A badalada NBA, liga com maior sucesso no Brasil, manteve um desempenho doméstico pífio. O jogo decisivo, entre San Antonio Spurs e Miami Heat, foi visto por 18 milhões de pessoas e não conseguiu um lugar entre as 50 maiores audiências de eventos esportivos no ano no país.