Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Nike prioriza membros do próprio site em lançamento de novo tênis

Nike React Infinity Run é principal aposta da marca para revolução no mercado

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 20/01/2020, às 07h27 - Atualizado às 10h27

Imagem Nike prioriza membros do próprio site em lançamento de novo tênis

A Nike decidiu priorizar os membros do próprio site da marca, o nike.com, no lançamento do novo modelo de calçado da empresa para a prática de corrida. O Nike React Infinity Run estará disponível para compra apenas para estes membros durante uma semana, entre 23 e 30 de janeiro. Depois, o calçado chega para os consumidores nas lojas físicas.

O Infinity Run é a principal aposta da Nike para uma revolução dentro do mercado. O calçado promete auxiliar os corredores a prevenir lesões. O modelo foi criado a partir do Zoom Vaporfly 4%, lançado em 2017 com o objetivo de tornar a corrida mais rápida ao economizar energia do atleta e impulsioná-lo durante a passada.

Agora, o Infinity Run promete entregar ao atleta, além do mecanismo de "impulso" que o Vaporfly possui, maior estabilidade durante as passadas, permitindo maior controle de movimento e, dessa forma, reduzindo o risco de lesões.

Foto: Divulgação / Nike

"Basta calçar o tênis para ter uma sensação de estabilidade e energia, com a espuma React servindo de 'mola' propulsora para muitos quilômetros. A geometria semelhante à cadeira de balanço cria uma leve inclinação para frente, fazendo a passada ir do calcanhar para a região intermediária e depois dianteira do pé. Esse movimento gera um efeito de impulsão natural. Somada à sustentação oferecida pela espuma, essa plataforma mais ampla proporciona uma sensação de firmeza. É como se o tênis conduzisse os pés com delicadeza por uma linha reta e suave, reduzindo os movimentos laterais", afirmou a Nike, em comunicado.

De acordo com a empresa, o Nike React Infinity Run é adequado para corridas de duração média, com esforço moderado. Por meio da instituição British Columbia, a marca americana pesquisou o resultado do tênis nesse tipo de situação. A Fundação para Pesquisa em Medicina Esportiva da entidade observou 226 corredores usando o Nike React Infinity Run e o Nike Structure 22 (modelo tradicional de corrida com controle de movimento).

Como resultado, os atletas que correram com o Nike React Infinity tiveram uma taxa de lesões 52% mais baixa em comparação com o outro modelo. Os atletas ainda disseram que sentiram menos dores nos joelhos e nos pés.

A aposta da Nike é de que o modelo Infinity seja tão disruptivo para o mercado de atletas amadores quanto o Vaporfly foi para os de elite. O modelo lançado em 2017, no entanto, poderá ser banido do esporte de elite neste ano, após uma reunião do conselho da Iaaf. Desde que foi lançado, os atletas que o utilizam bateram seguidamente o recorde da maratona.

Atletas que usam outras marcas acusam o modelo da Nike de ser um "doping tecnológico", oferecendo aos que utilizam o tênis da marca americana uma vantagem competitiva. Se a Iaaf decidir banir o Vaporfly, possivelmente impulsionará, entre os atletas amadores, o uso do novo modelo.