Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Nike usa Andressa Alves para questionar patriarcado no futebol

Vídeo com atacante da seleção brasileira exalta as mulheres e o futebol feminino

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 28/05/2019, às 08h52 - Atualizado às 11h52

Imagem Nike usa Andressa Alves para questionar patriarcado no futebol

A Nike usou a história de Andressa Alves, primeira brasileira a jogar pelo Barcelona, para questionar o patriarcado que domina o futebol. A marca fez um vídeo em que Andressa conta que nunca quis ganhar uma boneca de presente, mas sim uma bola. A alternativa para ela, então, foi arrancar a cabeça de suas bonecas e fazer delas uma bola.

Foto: Reprodução / YouTube (Nike)

Para exaltar a atleta e reforçar o direito de as mulheres jogarem futebol, a Nike criou junto com a campanha uma bola com cara de boneca e chamou-a de "presente improvável". No final do vídeo, a frase “Não mude o seu sonho. Mude o mundo” resume o objetivo da marca com a ação.

O vídeo procura ativar o patrocínio da Nike a Andressa Alves e também à seleção brasileira que jogará a Copa do Mundo na França. A competição será disputada entre 7 de junho e 7 de julho, e tem ganhado um status inédito na história do futebol feminino. No Brasil, a Globo transmitirá os jogos da seleção brasileira ao vivo pela primeira vez.

LEIA MAIS: Guaraná Antarctica cria campanha apenas da seleção feminina

LEIA MAIS: Empresas se unem ao Guaraná Antarctica pelo futebol feminino

Assista abaixo ao vídeo da Nike com a atacante brasileira: