Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Olympikus renova com Maratona do RJ e fecha Maratona de SP

Projeto "Bota Pra Correr" da marca, iniciado este ano, continuará no ano que vem

Wagner Giannella - São Paulo (SP) Publicado em 26/11/2019, às 08h28 - Atualizado às 11h28

Imagem Olympikus renova com Maratona do RJ e fecha Maratona de SP

No final da última semana, a Olympikus chamou um grupo de jornalistas e alguns atletas para um bate-papo informal com Márcio Callage, diretor de marketing da Vulcabras Azaleia, detentora da marca. Na conversa, Callage falou sobre o projeto "Bota Pra Correr", novidades e ainda projetou o ano que vem.

Em primeiro lugar, a Olympikus seguirá focando na corrida de rua em 2020. A marca brasileira, que detém a liderança em vendas entre as fabricantes nacionais, seguirá com o projeto "Bota Pra Correr", criado este ano como um circuito que teve como objetivo criar uma "experiência inesquecível" para os atletas, que tiveram a oportunidade de correr em lugares paradisíacos do país como Jalapão, Pantanal e Alter do Chão.

Para o ano que vem, o intuito é que sejam realizadas mais duas provas do tipo, também em lugares exuberantes por natureza, ambas no segundo semestre. Os locais específicos, no entanto, ainda não foram definidos e serão anunciados no decorrer de 2020.  

Na conversa, Callage ainda anunciou a renovação do patrocínio da Olympikus à Maratona do Rio por mais três anos e também a principal novidade da marca para o ano que se iniciará em breve: o patrocínio à Maratona de São Paulo, que fechou com a fabricante brasileira também por três anos. Com isso, a empresa será a a marca esportiva das duas principais maratonas do país até pelo menos 2022.

Foto: La Buena Onda / Olympikus

"Queremos cada vez mais construir status no running com relevância e qualidade, e sempre utilizando maneiras de aproximar a marca do público que consome corrida de rua. O 'Bota Pra Correr' deste ano serviu a esses propósitos, já que criamos o que chamamos por aqui de 'ecossistema' nesse esporte que é tão praticado nas ruas e parques do país", afirmou Callage.

Outra preocupação da marca em 2019 foi dar voz ao corredor. Ao lado de especialistas, alguns nomes amadores fortes do esporte tiveram a oportunidade de ajudar a marca na construção do "Corre 1", tênis focado 100% na corrida de rua e considerado o melhor e mais tecnológico já fabricado pela Olympikus em toda a sua história. O lançamento foi realizado neste segundo semestre e é uma das grandes apostas da marca, que já trabalha na evolução do modelo para 2020.

"O 'Corre 1' tem tudo que o corredor precisa e ainda valoriza o Brasil na corrida. Assim como o 'Bota Pra Correr', que fez com que estrangeiros sentissem vontade de vir ao Brasil para correr uma prova. Se o sonho de um brasileiro é ir pra fora, correr uma maratona em Londres, Nova York ou Boston, por que não criar na cabeça do estrangeiro esse desejo de correr aqui no Brasil em lugares como Jalapão, Pantanal ou Alter do Chão?", concluiu Callage.

A marca ainda prometeu mais novidades no mercado para 2020 e a manutenção dos treinões focados em promover as provas e os novos modelos de tênis a serem lançados. A estratégia da fabricante também passará por uma série de ativações prometidas para as Maratonas de São Paulo e Rio, que serão o principal foco no primeiro semestre, já que ocorrem em abril e junho, respectivamente. Entre elas, haverá a criação de modelos específicos de tênis para as duas provas.