Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Palmeiras espera Boca Juniors por amistoso

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 24/06/2010, às 20h00

O Palmeiras já definiu adversário e data para dar o adeus ao atual Palestra Itália. Antes da reforma, o time enfrentará o argentino Boca Juniors, no domingo do dia 7 de julho. Nesta quinta-feira o clube recebeu a autorização da CBF para o jogo e, agora, resta formalizar com o time argentino para divulgar as ações de marketing que envolverão a partida.

A demora da resposta da CBF, no entanto, atrapalhou as ações de marketing do Palmeiras. Como não havia a confirmação do jogo, os detalhes da festa não podem ser divulgados, já que não se sabia o tempo de preparação que o clube teria.

A ideia é ter um fim de semana festivo, com ações com os torcedores já no sábado, dia 3. Para o diretor de marketing do Palmeiras, Rogério Dezembro, “será uma festa para a torcida, dedicada para eles”. Quem também aproveitará o evento para fazer ações é a Fiat, que fechou recentemente um patrocínio máster com o clube.

Além da despedida temporária do Palestra Itália, os palmeirenses terão duas atrações adicionais para acompanhar o amistoso. Primeiramente, o adversário será o Boca Juniors, time que venceu o Palmeiras na final da Copa Santader Libertadores da América. O valor para contratar o time argentino não foi divulgado, mas Dezembro afirma ter sido “pouco significativo, em uma negociação rápida”.

Outra atração deverá ser a reestreia do atacante e ídolo Kleber. O jogador só não está garantindo porque a decisão será do departamento de futebol, que ponderará sua condição física. A intenção, no entanto, é colocar o time titular em campo.

A ausência certa será a do técnico Luiz Felipe Scolari, contratado recentemente, mas que é comentarista de uma rede televisiva sul-africana durante a Copa do Mundo. O treinador só deve se apresentar após o Mundial.

Após o jogo final, o Palestra Itália ficará fechado até agosto de 2012. Em parceria com a WTorre, o Palmeiras fará uma reforma de R$ 300 milhões, que deixará o estádio coberto e com capacidade de 45 mil lugares sentados.