Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Para Ibope, pesquisa surpreende positivamente

Duda Lopes e Guilherme Costa em São Paulo - SP Publicado em 28/03/2012, às 18h15

Para quem imaginava que a situação do esporte nas escolas públicas do Brasil era trágica, o Ibope mostrou, na pesquisa “Educação Física nas Escolas Públicas Brasileiras”, que o cenário não é tão pessimista. Pelo menos essa é a opinião dos próprios responsáveis pelo levantamento realizado no país.

O principal ponto da gerente de atendimento e planejamento do Ibope, Rosi Rosendo, é que a infraestrutura das escolas não é algo que se exige uma grande reformulação. “Eu vejo a pesquisa de uma maneira otimista. A infraestrutura das escolas impressionou positivamente. Não é esse o principal problema que o país enfrenta nessa questão”, afirmou.

A pesquisa foi encomendada pela ONG Atletas pela Cidadania, pelo Instituto Ayrton Senna e pelo Instituto Votorantim. Para o grupo responsável pelo levantamento dos dados, o principal problema da educação física nas escolas brasileiras não está nos locais para que ela seja realizada, mas sim no nível dos profissionais envolvidos.

Rosendo ressalta, no entanto, que existem problemas em todas as áreas, inclusive na infraestrutura. “Imaginávamos algo pior, mas, por outro lado, o resultado é heterogêneo. Temos escolas que não possuem nem mesmo uma bola de futebol”, lembrou a executiva.

Para o grupo que realizou a pesquisa, as mudanças não podem ser pontuais. A ideia é que o estudo seja usado por autoridades públicas para que o cenário se torne positivo. Para isso, as ações teriam que focar mais na capacitação de cada profissional do que na estrutura das escolas.