Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Patrocinadores torcem por fracasso espanhol

Redação Publicado em 07/07/2010, às 12h00

Imagem Patrocinadores torcem por fracasso espanhol

Com a Copa do Mundo, o interesse de patrocinadores em difundir marcas por meio de seleções cresce consideravalmente e, como maneira de ativar o aporte, surgem as promoções. Na Espanha, companhias que apostaram na seleção nacional e prometeram recompensas, porém, hoje torcem para que a equipe do técnico Vicente Del Bosque não vença o mundial, ou terão de enfrentar prejuízos para cumprir a entrega de prêmios.

O banco Banesto, presidido por Ana Patricia Botín, foi um dos que apostou fortemente no triunfo da Espanha na África do Sul e anunciou 1% em juros adicionais para cada depósito efetuado em poupanças, caso o país vença a Copa pela primeira vez na história. Com a operação, foram depositados 1,5 bilhões de euros e a promoção pode custar 15 milhões de euros ao banco. Cerca de 50 mil clientes aderiram à ideia e, desses, 17 mil são novos.

A Toshiba, por sua vez, irá reembolsar compradores de televisões e celulares, que tenham adquirido produtos da marca entre 10 de abril e 10 de junho, sempre que a Espanha vença no mundial. A oferta engloba mais de 60% dos produtos comercializados pela fabricante no país.

Quem agiu de maneira mais cautelosa foi a Media Markt. Nas campanhas publicitárias, a companhia difundiu o slogan "Te pago a televisão que comprou se a Espanha ganhar o mundial", mas, em letras pequenas, com o detalhe: "se a Espanha ganhar todas as partidas".

Por último, o Carrefour local irá perder um milhão de euros caso a seleção espanhola seja campeã, pois se comprometeu a distribuir vales de 10 mil vales de 100 euros entre clientes, sob o mote "Loucos pelo mundial". A Espanha irá enfrentar a Alemanha nessa quarta-feira (7), em partida válida pelas semifinais da Copa do Mundo, e pode disputar a decisão do torneio diante da Holanda, caso vença.