PES em português faz Brasil virar vedete da Konami

Capa do novo Pro Evolution Soccer aposta em Messi

Capa do novo Pro Evolution Soccer aposta em Messi

Um contrato assinado com a Conmebol para ter a Copa Santander Libertadores entre os campeonatos em disputa, a contratação de Silvio Luiz e Mauro Beting para fazerem a narração e os comentários das partidas e preços mais acessíveis ao consumidor. Essa trinca de ações são as apostas da Konami para se aproximar do mercado brasileiro de videogames esportivos.

Na noite da última quarta-feira a empresa japonesa promoveu um evento para lançar a edição 2011 do Pro Evolution Soccer, seu principal simulador de futebol. A grande novidade foi a contratação de narrador e comentaristas brasileiros para a versão do game, feita após uma pesquisa com jogadores do Brasil sobre quem eles queriam no jogo.

“O Brasil é o mercado mais importante da América Latina para nós, maior do que o México. Vamos investir muito por aqui nos próximos anos. A primeira coisa que fizemos foi comprar a Copa Libertadores, que é muito grande no Brasil. A segunda foi contratar o Silvio Luiz e o Mauro Beting. E a terceira foi readequar os preços. Fizemos uma pesquisa para readequar os nossos preços”, afirmou Erik Bladinieres, gerente regional da América Latina da Konami.

O executivo, porém, despistou quando questionado se há possibilidade de a Konami investir em novos acordos com os principais torneios do país.

“Cada investimento tem de ser justificado. Esse é o primeiro deles. Não chegamos a conversar para ter os direitos do Campeonato Brasileiro neste ano, quem sabe mais para a frente”, finalizou Bladinieres.