Por Copa, Atlético amplia arena

Um dos estádios mais modernos do país, a Kyocera Arena passará por uma ampliação. A diretoria do Atlético Paranaense trabalha nos últimos detalhes e deve anunciar oficialmente todo o cronograma de obras e quais serão as melhorias dentro de um mês. A intenção principal do clube paranaense é que o seu estádio tenha mais 15 mil novos lugares. Para isso, serão erguidas arquibancadas no terreno vizinho que foi adquirido pelo Atlético e que antes pertencia a um colégio. "Estabelecemos que vamos fazer um estádio com 40 mil lugares para não ter que alterar muito o projeto original. Então iremos fazer modificações mais internas e não externas", afirma Mauro Holzmann, diretor de marketing do Atlético. Com essa obra, que ainda não teve seu valor orçado, o Atlético pretende credenciar a Kyocera Arena como um das sedes da Copa do Mundo de 2014, que provavelmente será disputada no Brasil, único país na disputa para abrigar o torneio. "O estado está se candidatando a ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 e queremos que a Kyocera Arena seja o estádio do nosso estado", diz Holzmann. A opinião é uma forma de tentar brecar a possível escolha do estádio do Pinheirão, de propriedade da federação local, como representante do Paraná. Além do novo setor de arquibancadas, o terreno vizinho ao estádio atleticano será usado também para outras construções. A idéia é tornar o local um complexo esportivo, cultural e de entretenimento, segundo o dirigente do Atlético. "Nós faremos um aproveitamento comercial maior da área do terreno do colégio. Teremos lojas, novos restaurantes e até um museu. Além disso, queremos construir uma arena indoor, que deverá ter uma capacidade entre seis e oito mil lugares", diz. Essa arena abrirá novas possibilidades para o clube e, conseqüentemente, novas fontes de receita. Além de realizar atividades esportivas, o Atlético-PR pretende também ser uma referência para shows e outros tipos de atividades culturais na capital paranaense. "Apesar da vocação da cidade, Curitiba não tem muitos espaços para shows. Então queremos entrar também no circuito cultural da cidade com o ginásio e o museu".