Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Por estádio, West Ham quer Beckham como embaixador

Redação Publicado em 27/07/2010, às 10h00

Um dos donos do West Ham, David Gold, afirmou que o astro inglês David Beckham pode fazer o papel de embaixador do time na missão de possuir o Estádio Olímpico de Londres, que está em construção para os jogos de 2012.

Backham nunca jogou pelo West Ham; ele iniciou a carreira no Manchester United. Mas segundo Gold, ele poderia dessa maneira ajudar não só a equipe, mas toda a East London, região da metrópole brit"nica onde nasceu o atleta.

O trabalho de embaixador está longe de ser uma novidade para Beckham. O ex-capitão da seleção inglesa já fez esse papel para que Londres fosse sede dos jogos olímpicos, o que de fato aconteceu. Hoje, ele é o rosto da candidatura do país para receber a Copa do Mundo de 2018 ou 2022.

O West Ham é um dos interessados em ficar com o Estádio Olímpico de Londres, mas disputa com a empresa de entretenimento AEG, que já tem o comando do ginásio londrino O2 Arena. A AEG também é dona dos Los Angeles Galaxy, curiosamente o clube que detém os direitos de Beckham, hoje emprestado ao Milan.

O Estádio Olímpico de Londres terá capacidade para 80 mil espectadores, mas o número será reduzido a 25 mil após o evento de 2012. Essa tem sido a grande dificuldade dos organizadores para repassar a arena a um clube de futebol; a sua capacidade é inferior à média de público dos principais times da Inglaterra. Além disso, existe uma obrigatoriedade pela manutenção da pista de atletismo, mantendo o espectador distante do gramado.