Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Prada renova na vela e chegará a 25 anos com equipe na America's Cup

Além de apoiar barco Luna Rossa, marca terá naming rights de série challenger

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 23/01/2018, às 17h03

Imagem Prada renova na vela e chegará a 25 anos com equipe na America's Cup

Foto: Reprodução / Twitter (@lunarossa)

A marca italiana de moda Prada decidiu manter a tradição e permanecerá como patrocinadora oficial de sua compatriota, a equipe Luna Rossa, por mais quatro anos. A empresa apoia o barco desde a sua fundação, em 1997, e, com a garantia do novo acordo, chegará a 25 anos de parceria.

Considerada um dos maiores símbolos de luxo e status do mundo, a Prada desembolsará cerca de 80 milhões de dólares no período de 2018 a 2021. A 36a edição da America’s Cup está marcada justamente para 2021 e será realizada em Auckland, na Nova Zelândia.

“O patrocínio da participação da Luna Rossa na America’s Cup está em linha com a estratégia de comunicação da empresa para promover o nome e a marca Prada. A empresa levou em consideração muitos fatores, incluindo a importância da concorrência e a quantidade esperada de cobertura da concorrência por parte da imprensa, o que atrairá para a competição uma atenção maciça de todo o mundo e uma tremenda cobertura tanto das mídias tradicionais como das novas tecnologias”, declarou a marca italiana, em comunicado oficial.

A America’s Cup é a mais famosa, tradicional e prestigiada regata da vela mundial e possui um dos troféus mais antigos da história do esporte, tendo sido criada em 1851, 45 anos antes do surgimento dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.

A regata é composta de uma série de duelos entre os desafiantes (série challenger) no estilo match race, ou seja, apenas dois barcos, um contra o outro. Qualquer barco que cumpra as exigências do documento que rege a competição está apto a ser um desafiante.

Quem se der melhor na disputa entre todos os barcos desafiantes, ganha o direito de disputar a regata principal, chamada de America’s Cup, sempre contra o barco vencedor da última edição da competição. O Luna Rossa, que não conseguiu ser o desafiante vencedor e, assim, não disputou a America’s Cup na última edição, realizada no ano passado, já está inscrito como um dos desafiantes para 2021. A atual campeã é a equipe Emirates Team New Zealand.

Com a notícia da permanência do patrocínio ao barco Luna Rossa, fica ainda mais clara a intenção da Prada em ganhar visibilidade na vela. Isso porque a imprensa internacional divulgou há alguns dias que a marca italiana substituirá a marca de moda francesa Louis Vitton nos naming rights da série challenger. Assim, o que era Copa Louis Vitton desde 1983 passará a ser Copa Prada em 2021.