Presidente do São Paulo volta a criticar G4

"Não dá certo essas coisas de G4", diz Juvenal Juvêncio - Crédito Luiz Pires / VIPCOMM

A coletiva de imprensa organizada nesta terça-feira (20) no estádio Morumbi iria lidar apenas de assuntos ligados ao projeto do São Paulo, de construir cobertura, hotel e área para shows, mas acabou se tornando em oportunidade para mais um dos shows de Juvenal Juvêncio, presidente da equipe. E a vítima, novamente, foi o G4.

Ao comentar sobre as dificuldades para montar o elenco em fim de temporada, diante do vazamento de informações e concorrência de outros times pelos mesmos jogadores, o mandatário são-paulino aproveitou para cutucar a entidade. "Um quer matar o outro", disse. "Por isso que não dá certo essas coisas de G4, Clube dos 13".

A entidade, composta também por Corinthians, Palmeiras e Santos, tem sofrido há vários meses com as declarações dadas pelos presidentes dos respectivos clubes. Quando Juvêncio e Andrés Sanchez, mandatário do Corinthians, trocaram ofensas por meio da imprensa, a efetividade do grupo foi novamente posta à prova por colegas.

À época, em outubro de 2011, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente santista, disse que o G4 só não gera os resultados que se espera dele pois os líderes de cada equipe não se entendem. José Carlos Peres, diretor-executivo do órgão, ainda confiante em reviravolta, admitiu que as desavenças estavam prejudicando as negociações.

Leia mais:

Conflitos entre Corinthians e SPFC minam G4