Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Quiksilver compra rival Billabong por 250 milhões de euros

Transação cria gigante em esportes como surfe, skate, snowboard e esqui alpino

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 05/01/2018, às 19h07

Imagem Quiksilver compra rival Billabong por 250 milhões de euros

Foto: Reprodução / Twitter (@billabong1973)

Como a Máquina do Esporte já havia antecipado no início de dezembro, a Boardriders, dona da Quiksilver, efetivou a compra da principal rival, a Billabong. De acordo com o site CNN Money, o valor da transação pode ser estimado em cerca de 250 milhões de euros.

O negócio prevê que a Boardriders oferecerá um dólar australiano por ação da Billabong, o que significa uma valorização de 28% do papel em relação ao preço de 0,78 dólar australiano em 30 de novembro, dia anterior à divulgação da proposta de compra.

Com o acordo, a Boardriders terá 81% da Billabong, mas, na prática, são 100%. Isso porque a Boardriders é controlada pela empresa de investimentos Oaktree Capital Management, dona dos outros 19%.

Segundo já vinha noticiando a imprensa australiana, a venda da Billabong é o ápice de uma crise financeira enfrentada pela marca nos últimos anos. Segundo os últimos números divulgados, em 2016, a empresa mais do que triplicou seu déficit em relação ao ano anterior, que tinha sido de 15,8 milhões de euros, e fechou no vermelho em 51 milhões de euros. As vendas também caíram em 2016 para pouco mais de 652 milhões de euros, uma queda de 8,9% em relação a 2015.

Vale lembrar que a própria Quiksilver, australiana como a Billabong, também passou por uma reformulação entre 2016 e 2017 após pedir falência em 2015. A empresa englobava outros nomes famosos de marcas de esportes radicais, como Roxy e DC Shoes. À época, recebeu suporte da Oaktree Capital Management e se tornou mais uma das marcas da norte-americana Boardriders.

Dessa forma, com a compra da Billabong, detentora das marcas Element, RVCA e Von Zipper e que possui mais de 370 estabelecimentos espalhados pelo mundo, a Boardriders torna-se uma gigante do setor que trabalha com esportes como surfe, skate, snowboard e esqui alpino.

Sob seu guarda-chuva, a Boardriders terá simplesmente todas as marcas citadas até aqui, com direito a mais de 600 lojas em 28 países. Ainda não se sabe, no entanto, se a empresa norte-americana vai manter o nome da marca Billabong, usando-a em paralelo, como fez com a Quiksilver, ou não.