Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Real faz renovação na F-3 Sul-Americana

Real faz renovação na F-3 Sul-Americana

Redação em São Paulo - SP Publicado em 06/02/2009, às 17h00

A F-3 Sul-Americana ?sabotou? a crise, conseguiu um crédito que irá renovar a sua parte técnica. O feito, considerável em tempos de vacas magras, teve no Banco Real a sua peça chave. A instituição financeira anunciou, nesta sexta-feira, um acordo de R$ 3,6 milhões com a categoria, que irá comprar 20 novos carros para a temporada 2009 com o valor. ?Esta é mais uma etapa concluída no projeto de revitalização da Fórmula 3 Sul-Americana. A atualização tecnológica dos carros permitirá que os pilotos participem das corridas com o mesmo nível de competitividade daqueles que correm na Europa, além de prepará-los para quando tiverem de seguir carreira fora do Brasil?, disse Dilson Motta, sócio-diretor da 63MKT, empresa que gera a F-3 atualmente. A entrada do aporte financeiro vai eliminar um atraso de oito anos da categoria, que utiliza modelos de 2001 com poucas alterações desde o ano da fabricação. Com as novidades, a F-3 Sul-Americana se equipara tecnicamente com a similar inglesa, uma das principais portas de entrada para o automobilismo de primeiro nível mundial. A mudança, que estava prevista desde o fim do ano passado, terá a italiana Dallara como peça-chave. A fabricante já recebeu o valor cedido pelo Banco Real, que agora passa a negociar a possibilidade de um patrocínio efetivo à categoria. Com o acordo atual, a F-3 Sul-Americana segue com a obrigação de devolver os R$ 3,6 milhões em três anos. Por entender que a cessão do crédito feita pelo banco foi algo anormal, a categoria decidiu tratar a situação como um patrocínio, e estampará a marca da instituição em todos os seus carros. Atualizada às 18h45