Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Santiago abrigará final da Libertadores 2019

Lima, por sua vez, será sede da final da Copa Sul-Americana 2019

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 15/08/2018, às 07h35 - Atualizado às 10h35

Imagem Santiago abrigará final da Libertadores 2019

A Conmebol anunciou Santiago como a primeira sede da final de partida única da Libertadores. A capital chilena receberá o evento no dia 23 de novembro de 2019. Será a primeira vez que o torneio sul-americano será decidido em uma partida, com uma cidade previamente definida.

Foto: Reprodução

Santiago venceu a eleição em encontro da Conmebol realizado no Paraguai. Além dos chilenos, Lima e Montevidéu disputavam o posto para o próximo ano. A capital uruguaia desistiu da candidatura no meio do caminho, e a capital peruana terminou escolhida como sede da final da Copa Sul-Americana.

As cidades passaram por uma série de inspeções técnicas, que avaliaram os estádios, hotéis, aeroportos e locais para “fan fests”. A vistoria foi comandada pela agência FC Diez, formada por Perform e IMG. As duas empresas fecharam com a confederação em 2017 para fazer a gestão comercial da Libertadores.

Após uma série de especulações, a Conmebol confirmou em junho deste ano que a Libertadores passaria a ser disputada em jogo único. O formato seguiu a lógica do que acontece na Liga dos Campeões, organizada pela Uefa. O modelo tem reforçado a decisão como o grande evento do esporte europeu.

“Além de gerar mais renda para reinvestir no desenvolvimento esportivo, a final única será uma grande oportunidade para a América do Sul dar um grande salto na infraestrutura esportiva, organização de eventos, controles de segurança, conforto e atenção nos estádios e na promoção de torneios regionais e mundiais, clubes e jogadores”, comentou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.