Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

São Paulo cria pacote para jogos de 2009

São Paulo cria pacote para jogos de 2009

Redação em São Paulo - SP Publicado em 23/12/2008, às 15h00

O São Paulo lançou nesta terça-feira uma nova etapa de sua parceria com a Visa. Além de criar um espaço de convivência exclusivo no Morumbi, a empresa ajudará o clube a estruturar um pacote de ingressos para todas as partidas de 2009. O projeto, chamado de ?passaporte tricolor? pela diretoria do clube paulista, consiste em uma venda única para todos os jogos do São Paulo na temporada, incluindo Campeonato Paulista, Copa Libertadores e Brasileiro. Os torcedores poderão comprar assentos no início do ano e terão lugares reservados até para partidas que tiverem lotação completa. Há dois planos disponíveis: os são-paulinos podem pagar R$ 650 por lugares atrás dos gols do Morumbi ou R$ 1 mil por arquibancadas centrais (nos dois casos, há uma taxa de conveniência de 10%). Cada pessoa só poderá comprar um máximo de cinco pacotes. O clube e a Visa terão monitores no estádio para garantir que os locais sejam respeitados ? as cadeiras serão marcadas com o nome do comprador. ?Estamos dando um passo importante, inovando, até porque os nossos antecedentes não frutificaram. É importante pagar toda a dívida que temos com os torcedores, que são maltratados rotineiramente nos estádios?, disse o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, em entrevista coletiva. A expectativa do São Paulo é lucrar R$ 2 milhões com a venda de carnês para todo o ano - as compras poderão ser parceladas em dez vezes, e haverá 5 mil assentos disponíveis para esse segmento. Além disso, o clube aposta nessa iniciativa para colocar sua marca em um patamar europeu ? os clubes do Velho Continente têm a comercialização de pacotes para toda a temporada como prática comum. ?É um patamar inicial para uma mudança de cultura. Existem muitas falhas, cambistas, ingressos falsos, e isso precisa ser corrigido. Queremos criar um novo processo, mais próximo do conforto e da comodidade que os torcedores encontram na Europa?, confirmou Juvêncio.