Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

São Paulo e Santos não empolgam audiência

Rodrigo Capelo em São Paulo - SP Publicado em 29/07/2010, às 14h00

Imagem São Paulo e Santos não empolgam audiência
 - Crédito Jefferson Bernardes / VIPCOMM

- Crédito Jefferson Bernardes / VIPCOMM

São Paulo e Internacional travaram duelo válido pelas semifinais da Copa Santander Libertadores na noite da última quarta-feira (28). Simultaneamente, Santos e Vitória enfrentavam-se pelas finais da Copa Kia do Brasil. Apesar de decisivas, nenhuma das partidas empolgou o público e Globo e Bandeirantes registraram audiências abaixo do obtido em etapas anteriores.

No estádio Beira-Rio, no Rio Grande do Sul, o Internacional pressionou o São Paulo por 90 minutos e conseguiu vencer por 1 a 0. Com a vantagem, os gaúchos têm vantagem para o jogo no Morumbi e podem empatar ou até perder por um gol de diferença, caso façam um gol. A Globo, responsável por transmitir o jogo, obteve 23 pontos de audiência, segundo o Ibope.

A título de comparação, nas oitavas de final, quando Corinthians e Flamengo se enfrentaram, o canal carioca conseguiu audiência de 42 pontos. Nos embates válidos pela Copa do Mundo, a emissora sempre esteve acima dos 40 pontos nos jogos do Brasil - conseguiu 44 pontos na partida entre Brasil e Coreia do Sul, a melhor marca do ano no futebol.

Na Vila Belmiro, por sua vez, o Santos não teve as mesmas dificuldades que o Internacional e ganhou por 2 a 0. Em jogo recheado de boas oportunidades para o time da Baixada Santista, até pênalti o badalado Neymar perdeu, ao tentar "plagiar" o movimento de El Loco Abreu, atacante da seleção uruguaia e do Botafogo.

A Bandeirantes, encarregada de cobrir a partida, teve 7 pontos de audiência, com picos de 10. Na etapa anterior, quando o Santos encarou o Grêmio pelas semifinais, a emissora paulista cravou 12 pontos, com picos de 17 - marca inédita nas duas últimas temporadas. Durante a Copa do Mundo, a Band sempre esteve na faixa dos 10 pontos de audiência.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.