Segundo jornal, American Express retornará à NBA

LeBron James e Paul Pierce em jogo da NBA, que reverá patrocinador

LeBron James e Paul Pierce em jogo da NBA, que reverá patrocinador

Cinco anos depois de ter deixado de investir na liga profissional de basquete dos Estados Unidos (NBA), a empresa de cartões American Express vai retomar a parceria com a competição. Segundo o jornal norte-americano “The New York Times”, o anúncio oficial do novo acordo será feito nesta semana.

O periódico divulgou que existe um acordo entre a companhia e a NBA para três temporadas. O investimento da American Express no basquete ainda incluirá a WNBA, as ligas de base da NBA e a seleção de basquete dos Estados Unidos.

A parceria inclui privilégios na compra e em promoções de ingressos para os clientes da American Express. A empresa já explora esse tipo de propriedade em eventos relacionados a golfe e tênis, por exemplo.

A American Express também vai anunciar na NBA TV. Por conta disso, a empresa cogita até desenvolver uma campanha de marketing exclusiva para balizar seu investimento no basquete.

Ainda de acordo com o “The New York Times”, o aporte da American Express será o quarto maior da NBA. O contrato perderá apenas para os investimentos feitos por Bacardi, State Farm e pelo banco BBVA, que desembolsou US$ 100 milhões por um contrato de quatro anos com a liga.