Segundo jornal, Kassab banca Pirituba à Fifa

A construção de uma arena em Pirituba deve ser ratificada como projeto de São Paulo para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014. Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, o prefeito da cidade, Gilberto Kassab, já enviou documentação sobre o novo estádio à Fifa.

A decisão é uma repercussão do veto ao Morumbi, estádio do São Paulo, que integrava o projeto da cidade até a semana passada. O clube apresentou seis projetos diferentes de reforma para a arena e, segundo o comitê organizador local (COL), não conseguiu enviar a tempo as garantias financeiras sobre as intervenções na arena.

Desde que o Morumbi foi alijado da Copa do Mundo, ganhou força a criação de uma arena em Pirituba. O bairro da região norte de São Paulo vai receber nos próximos anos um grande centro de convenções, e a arena deve fazer parte desse complexo.

Segundo “O Estado de S. Paulo”, Kassab apresentou o projeto de estádio à Fifa, inclusive com a equação financeira para erguer a nova arena. Com a exclusão do Morumbi, São Paulo foi alijada da lista de cidades que receberão jogos da Copa do Mundo em 2014.

A construção de uma arena em Pirituba, contudo, possui dois grandes problemas. O primeiro é o tamanho do empreendimento, inicialmente previsto para 45 mil espectadores. São Paulo ainda postula a abertura da Copa do Mundo, e para isso necessita de um estádio com ao menos 60 mil lugares.

Outro problema é a administração do estádio depois da Copa do Mundo. O Corinthians, único time grande da capital que não manda jogos em um estádio próprio, considera cara a ideia de usar a arena de Pirituba. Com isso, o comitê paulista trabalha com a ideia de ceder a administração do espaço à iniciativa privada.