Segundo site, Liverpool vai deixar a Adidas

A Adidas pode sofrer nos próximos dias um forte golpe para sua participação no mercado do futebol. Segundo o portal “Goal.com”, a companhia alemã deixará de ser a fornecedora de material esportivo do Liverpool a partir da temporada 2012∕2013.

O site divulgou no último fim de semana um acordo entre o clube inglês e a Warrior Sports, empresa que atua mais fortemente no lacrosse e que é uma subsidiária da norte-americana New Balance. O contrato giraria em torno de 25 milhões de libras (R$ 64,765 milhões) por temporada.

Se for confirmada, a proposta representará um incremento significativo para o Liverpool. Atualmente, o clube inglês recebe algo em torno de 12 milhões de libras (R$ 31,087 milhões) da Adidas a cada ano.

Em contrapartida, o contrato representaria uma perda de grande porte da Adidas. De acordo com a consultoria PR Marketing, o Liverpool tem a quarta maior média anual de camisas vendidas no planeta – a equipe inglesa perde apenas para Real Madrid, Manchester United e Barcelona.

O maior contrato de fornecimento de material esportivo no futebol inglês hoje em dia é o do Manchester United com a Nike. A equipe dirigida por Alex Ferguson lucra 23,3 milhões de libras (R$ 60,361 milhões) por ano.