Sem Ronaldo, Globo perde mesmo com “final”

Jucilei vibra com o seu gol; volante não teve a companhia de Ronaldo

Jucilei vibra com o seu gol; volante não teve a companhia de Ronaldo

Fluminense e Corinthians fizeram na quarta-feira o jogo que foi encarado informalmente como a final do Campeonato Brasileiro. O jogo não decidiu o título e nem ficou perto disso: ainda faltam 16 rodadas para terminar o torneio. No entanto, o duelo foi o último entre os dois times que permaneceram no topo da tabela durante todas as rodadas. O que poderia ser um sucesso de audiência ficou com números inferiores aos apresentados na semana anterior.

A Globo marcou 23 pontos de média no Ibope em São Paulo, mesmo com a vitória corintiana que deixou o time com a mesma pontuação do rival, na liderança do campeonato. Na semana anterior, o Corinthians enfrentou o Atlético Paranaense, em uma partida menos festejada pela grande imprensa. Ainda assim, nessa data, a Globo teve 27 pontos de média na sua audiência.

Apesar da impossibilidade de se determinar de fato qual foi a razão pela queda no número do Ibope, a diferença mais visível está em uma ilustre ausência nos gramados cariocas: Ronaldo. O atacante corintiano esteve em campo em Curitiba durante todo o primeiro tempo; ele marcou o gol do time, em uma penalidade máxima.

O jogo contra o Fluminense, por outro lado, teve uma série de fatores que poderiam chamar o telespectador. Além do fato de se tratar dos dois líderes do Campeonato em campo, dois dos três artilheiros do torneio jogaram, Washington e Bruno César, e dois dos rostos mais conhecidos do futebol brasileiro estiveram presentes, Deco e Roberto Carlos.

Já a Bandeirantes pode ver com mais alívio os números apresentados. A emissora conseguiu 8 pontos de média, com pico de 9. Na última semana, o jogo optado não foi o do Corinthians, mas sim o duelo entre Palmeiras e Vitória. Na ocasião, teve média de 6 pontos.

Liga dos Campeões

A Bandeirantes transmitiu, também na quarta-feira, o jogo entre Milan e Auxerre, pela Liga dos Campeões da Europa. A emissora conseguiu 5 pontos de média, com pico de 7, igualando-se à Record, que teve “Tudo a Ver” e “Todo Mundo Odeia o Cris” na sua programação. Já a Globo, que detém os direitos do torneio europeu, ficou na liderança com a “Sessão da Tarde”, com 14 pontos.

Há duas semanas, a Bandeirantes passou o jogo de qualificação entre Ajax e Dínamo de Kiev. A vitória holandesa rendeu apenas 3 pontos de média. O jogo do Milan teve como apelo a presença de Ronaldinho Gaúcho e Alexandre Pato em campo. Robinho, ex-Santos, ficou no banco de reserva.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.