SIL fecha patrocínio para Brasileiro e Série B

Empresa terá marca exposta ao lado das traves em jogos da elite

Empresa terá marca exposta ao lado das traves em jogos da elite

A SIL, fabricante de fios e cabos elétricos, está ampliando os investimentos no futebol. Após fazer diversos aportes pontuais em partidas de Santos e São Paulo, a empresa decidiu patrocinar as duas primeiras divisões do Campeonato Brasileiro.

Na Série A, a logomarca será estampada em tapetes tridimesionais, a serem postados ao lado das traves nos estádios que receberão a elite do futebol nacional. O intuito é potencializar a exposição da marca da empresa por meio do campeonato.

"Trata-se de mais uma ação que reforça a imagem da SIL", disse Pedro Morelli, gerente de estratégia e marketing da empresa, em nota. "Patrocinamos clubes, colocamos nossa marca em placas estáticas, e agora optamos pelos tapetes ao lado dos gols".

O principal fator que chamou a atenção da companhia foi o fato de a marca aparecer, nessa propriedade, em todas as partidas transmitidas em TV aberta, fechada e pay-per-view. As reprises em programas jornalísticos e esportivos também pesaram.

Na Série B, o acordo é um pouco mais abrangente. A SIL fechou com a Bandeirantes, responsável pela transmissão do segundo escalão, e terá a marca exposta durante as transmissões da emissora paulista do torneio.

"As partidas da segunda divisão transmitidas pela Band irão levar nosso nome às casa de milhões de consumidores por meio da televisão", complementou Morelli. "É mais uma oportunidade para fortalecermos a marca SIL junto a nossos clientes".

O acordo prevê a inserção da empresa em vinhetas de patrocínio, comercial de trinta segundos e selo animado. Durante a escalação das equipes, publicidade virtual, apresentação de melhores momentos e chamadas da transmissão, também haverá exposição.

A SIL tem ganhado espaço na elite do futebol nacional, principalmente, por patrocínios pontuais que realizou. Em 2010, a companhia esteve na camisa do Racing, do Uruguai, e do São Paulo em algumas partidas da Copa Santander Libertadores.

Em 2011, estampou a própria marca no primeiro jogo do Santos nas semifinais da Libertadores, contra o Cerro Porteño, na parte de trás das camisas e nos calções. A transmissão na TV para o Brasil e para a América do Sul, novamente, foi o foco.