Sport faz cartão de crédito para sócio-torcedor

O Sport lançou um cartão para ser usado como ingresso para os seus sócio-torcedores. A diferença nesse caso para os outros clubes com um programa de associação semelhante é que, a partir dos próximos dias, esse cartão poderá ser usado para tirar dinheiro e fazer pagamentos, como os usados pelos bancos.

Trata-se de uma parceria com o banco Banorte, que fará com que os sócios dos Sport possam unir o seu cartão de torcedor com um cartão de crédito convencional. Com a marca da instituição financeira e com a bandeira da Visa, ele poderá ser usado como um instrumento de banco como qualquer outro.

Agora, o clube se gaba de ser o primeiro no Brasil que tem a possibilidade de fazer um cartão de crédito ser usado pelo sócio-torcedores. O uso casado com o banco é opcional. A diretoria do Sport afirma que o sócio que estiver interessado no cartão de crédito personalizado deverá recebê-lo em até 60 dias.

O acordo entre Sport e Banorte é uma mistura de patrocínio e licenciado. Os valores não são revelados, mas o banco pagou uma quantia para poder fazer uso da marca do time. Quem adotar o cartão, não precisará pagar a primeira anuidade. No entanto, a partir do segundo ano, essa taxa é dividida por igual entre a empresa e o clube.

A parceria faz parte do plano do clube de dar o maior número de benefícios aos seus associados, mas a maior aposta no sócio-torcedor ganhou força recentemente, após o acordo com a Outplan. “Não era possível fazer essas coisas antes. Era preciso um sistema adequado e inteligente, o que nós temos agora”, afirmou o diretor de marketing do Sport, Sid Vasconcelos.