Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Sportradar cria serviço para investigar ofensa a atletas nas redes

Medida tem como objetivo impedir uso de contas falsas para atacar profissionais

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 25/08/2020, às 10h11

Imagem Sportradar cria serviço para investigar ofensa a atletas nas redes

Durante o final de semana, o atacante do Vasco Talles Magno decidiu restringir comentários em seu Instagram. A medida foi tomada após o jogador ser ofendido por torcedores que têm reclamado de sua performance em campo.

Para evitar o aborrecimento de ser xingado, o atleta preferiu tornar a conversa menos frequente na redes. A atitude é cada vez mais comum entre os atletas, das mais variadas modalidades e dos mais variados países.

Recentemente, um escândalo de vazamento de dados em Barcelona apontou que pessoas ligadas ao clube havia contratado perfis falsos para atacar jogadores como Piqué e Messi. O caso foi abafado pelo clube, que negou qualquer envolvimento de diretores na atitude. 

Mas o debate sobre o ataque a atletas nas redes sociais ganha cada vez mais corpo. Tanto que a empresa de solução de dados Sportradar lançou um serviço feito para ajudar organizações esportivas a proteger atletas de abusos e “trollagens” nas redes sociais. 

Talles Magno posa com torcedores antes de jogo no Maracanã - Foto: Reprodução/Instagram

A Sportradar afirmou que a ferramenta ajudará federações, ligas e organizações governamentais a lutar contra o problema de abuso virtual direcionado aos atletas.

O serviço irá identificar a pessoal atrás dos perfis anônimos que postam comentários abusivos. Além encontrar o responsável, a empresa fornecerá um panorama de como esse indivíduo se comporta no ambiente on-line.

Após a investigação, a Sportradar enviará aos organizadores de eventos detalhes das contas com problemas e dará recomendações de como evitar a ação dessas contas.

"Manter a integridade do esporte e garantir que seja seguro, justo e agradável para todos é a nossa prioridade. Promovendo a segurança dos atletas nas redes sociais, nós fortalecemos a nossa presença nesse setor", disse Andreas Krannich, diretor dessa área de atuação da empresa, em uma entrevista ao site Sportspromedia.

O serviço foi criado para proteger a saúde mental e bem-estar dos atletas profissionais. O produto foi testado no começo de maio no Exo-Tennis Series na Alemanha e nos Estados Unidos.