Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

"Suborno" marca projeto inglês à Copa-18

"Suborno" marca projeto inglês à Copa-18

Redação em São Paulo - SP Publicado em 07/01/2009, às 15h00

A candidatura da Inglaterra para a Copa do Mundo de 2018 está sob suspeita de corrupção. Segundo o ?Daily Mail?, a proposta da Football Association (FA), entidade que rege o futebol do país, inclui uma verba de 1,5 milhão de libras para financiar projetos de desenvolvimentos internacionais. Preocupado com a possibilidade desse dinheiro influenciar os votos de seus países membros, o comitê de ética da Fifa já estaria investigando a suposta tentativa de suborno por parte dos ingleses. Os custos do projeto da FA giram em torno de 14,7 milhões de libras. Os embaixadores da candidatura receberão 500 mil libras, mesmo valor destinado a apresentações em eventos ligados ao Mundial. Outros 2 milhões de libras serão divididos igualmente entre custos técnicos e contingências, enquanto que as ações de marketing consumirão 1,3 milhão de libras no total. A maior parte do montante ? 7,1 milhões de libras ? será usada para cobrir os custos com o estafe inglês. Durante o processo que definiu Londres como a sede dos Jogos Olímpicos de 2012, a Inglaterra foi obrigada a retirar ofertas para financiar centros de treinamento no Reino Unido para evitar controvérsia semelhante. Até o momento, Holanda, Austrália, Qatar, China, México, Bélgica, Espanha e Portugal aparecem como os principais concorrentes dos ingleses na corrida pela Copa-18. O país que receberá a competição será anunciado pela Fifa em dezembro de 2010. Na mesma data, a entidade também definirá quem organizará o Mundial de 2022.