Sucos Camp cogita ação promocional após Beach Soccer

Sucos Camp no duelo entre Corinthians e Vasco

Sucos Camp no duelo entre Corinthians e Vasco

Investir no Corinthians não é uma tarefa das mais simples. Atualmente, a equipe do Parque São Jorge conta com os patrocínios de uniforme mais caros do Brasil, com valores que ultrapassam a barreira dos R$ 30 milhões, impulsionados principalmente pelo grupo Hypermarcas. O time de futebol de areia do clube, no entanto, não tem tanto apelo. Quem o patrocinou, comemorou a oportunidade.

Esse foi o caso da Sucos Camp, que ficou com o espaço máster do uniforme da equipe que disputou o Mundialito de Futebol de Areia, há duas semanas. Isael Pinto, presidente da General Brands, que fabrica a marca usada, tem recebido uma série de pedidos pela camiseta com a sua empresa estampada.

“O sucesso foi tanto que o nosso departamento de marketing está pensando em realizar uma ação promocional, pois devido à grande demanda, não conseguiremos atender a todos”, afirmou Isael.

Segundo informações da Dello Sport, agência que intermediou o patrocínio dos três patrocinadores (Sucos Camp, Lupo e Loja Seller), o resultado de exposição foi positivo para os envolvidos. A empresa se baseou em dados fornecidos pelo instituto de pesquisa Informídia.

Mesmo com a eliminação precoce na competição, nas quartas de final, o Corinthians teve um retorno de mídia avaliado em R$ 3 milhões, contando apenas a medição na Rede Globo, que passou o torneio em manhãs de domingos. O valor deve crescer quando forem contabilizados a exposição em jornais e no canal fechado Sportv.