Superexposta, Bia Figueiredo estreará três aportes

Bia terá três marcas novas em seu carro para Indy em São Paulo

Bia terá três marcas novas em seu carro para Indy em São Paulo

Nenhum piloto brasileiro esteve tão presente na mídia nos dias que precederam a etapa de São Paulo da Fórmula Indy quanto Bia Figueiredo. Primeira mulher do país a disputar uma temporada completa da categoria automobilística, ela ocupou o noticiário com assuntos como ações sociais, hábitos alimentares, preparação para a prova, futebol e até uma proteção usada na mão direita, que ela fraturou e operou há quatro semanas. Em meio a essa enxurrada de aparições, a brasileira vai estrear três novos patrocínios no domingo.

Entre as marcas, apenas a Wix Filtros não fechou diretamente com a brasileira. A marca assinou contrato com a equipe Dreyer & Reinbold Racing, que tem Bia Figueiredo e outros três pilotos.

O contrato da Wix com a Dreyer & Reinbold foi assinado até o fim da atual temporada, e inclui exposição da marca em todos os carros da equipe. A marca de filtros para carros, parte do grupo Affinia, não divulgou o valor investido na parceria.

As outras duas novidades no carro de Bia Figueiredo para o fim de semana da Indy em São Paulo foram conseguidas apenas por ela. A brasileira terá um aporte pontual da HP, e também exibirá pela primeira vez o logotipo da Sundown, com quem fechou até o fim da temporada.

As novas marcas aparecerão ao lado da rede de postos Ipiranga e da empresa de produtos estéticos Monange, que acompanham Bia Figueiredo desde as primeiras etapas que a brasileira disputou na Indy.

Todas essas empresas desfrutarão de pacote de exposição que vai muito além das corridas e dos treinos da Indy. Bia tem se especializado em um trabalho de mídia que aproveita o carisma e o ineditismo de ser uma mulher na disputa.

Nesta semana, por exemplo, a piloto atuou até como comentarista de um jogo do Corinthians na rádio Bandnews FM. Mas também chamou atenção em visitas a instituições sociais como AACD, GRAAC e Casa Ronald McDonald.

Bia também foi ao Museu do Futebol, local em que admitiu ser torcedora do Corinthians. Todo esse roteiro da piloto no Brasil foi acompanhado por intenso trabalho de assessoria de imprensa.

Também foi a assessoria de imprensa que divulgou dados sobre os hábitos alimentares de Bia antes de uma prova da Fórmula Indy e sobre o treinamento da brasileira, que fraturou e operou a mão direita há quatro semanas.

Na etapa deste domingo, Bia usará uma proteção de carbono desenvolvida especialmente pela organização da Indy para ela a fim de amenizar as dores e os riscos ao braço direito. E uma prova do quanto ela tem um trabalho comercial consistente é que até esse aparato virou uma plataforma comercial – a estrutura recebeu um adesivo da rede de postos Ipiranga.