Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Título mundial impulsiona venda de 3 milhões de camisas da Alemanha

Vendas de uniforme da Adidas foram 10 vezes maiores do que na Copa-2010

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 24/12/2014, às 08h18 - Atualizado às 10h18

Imagem Título mundial impulsiona venda de 3 milhões de camisas da Alemanha

Özil, Kroos, Schweinsteiger e Muller com a camisa da Adidas

O título da Alemanha na Copa do Mundo do Brasil impulsionou as vendas da Adidas. A empresa alemã, fornecedora oficial da seleção de Neuer e Schweinsteiger, vendeu 3 milhões de cópias da camisa utilizada pela equipe no último Mundial.

Segundo Herbert Hainer, presidente do Conselho Executivo da Adidas, em entrevista a uma revista alemã, esse número representa o dobro das vendas do uniforme na Copa de 2006, disputada na Alemanha e dez vezes mais do que foi comercializado em 2010, ano do Mundial da África do Sul.

A demanda vinda do exterior foi uma das principais razões para o aumento da demanda. “Vendemos um terço das camisas da seleção para além das nossas fronteiras”, afirmou o executivo.

Em junho, a Adidas havia divulgado que esperava vender 2 milhões de uniformes da Alemanha, o que ajudaria a empresa a alcançar a meta de € 2 bilhões de faturamento na comercialização de camisas de futebol, calçados e bolas.

Apesar da alta demanda surgida com o título mundial da Alemanha, a Adidas também sofreu revés na última Copa do Mundo. A eliminação precoce da então campeã Espanha, outra seleção patrocinada pela marca alemã, ainda na primeira fase do Mundial, fez as vendas do uniforme do time de Xavi e Iniesta encalharem.