Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Torcida bancará Amoroso no Guarani

Torcida bancará Amoroso no Guarani

Priscila Bertozzi em São Paulo - SP Publicado em 30/12/2008, às 14h00

O retorno do atacante Amoroso ao Guarani após 14 anos, anunciado na última segunda-feira, tem um sabor especial para o departamento de marketing do clube. A contratação será integralmente bancada pelo projeto de sócio-torcedor, que rende mensalmente cerca de R$ 160 mil aos cofres do time de Campinas. Com cerca de quatro mil associados, o projeto ? um dos pilares da reestruturação financeira do clube - também ajudou na manutenção de parte do plantel de 2008 para a próxima temporada, inclusive as revelações Fernando Gaúcho e Henrique. ?Não tem nenhuma empresa envolvida na negociação. Ele se prontificou a jogar sem ganhar nada, mas não achamos justo. Fizemos uma oferta que está dentro da realidade do clube. Nossos principais atletas ganham em torno de R$ 12 mil e ele será bonificado dentro desse patamar?, afirma Mercival Piron, vice-presidente de marketing do Guarani. ?O sócio-torcedor viabilizou essa contratação, que é o resgate da tradição de um atleta que joga por amor. Estamos nos reestruturando graças à estabilidade do projeto. Nossos meses voltaram a ter 30 dias?, completa o executivo. A volta do ídolo, que assinou contrato para a disputa do Campeonato Paulista, também deverá ajudar nesse processo. O Guarani pretende capitalizar a presença de Amoroso com a venda de produtos licenciados e bilheteria. A meta é levar entre 12 e 15 mil pagantes aos jogos disputados no estádio Brinco de Ouro da Princesa. A média de público no Campeonato Brasileiro da Série C deste ano era de cinco mil torcedores. Além disso, o clube quer vender cerca de 2,5 mil camisas com o nome do jogador nos próximos três meses, gerando uma receita de aproximadamente R$ 247 mil. ?Já estamos formatando com nossos parceiros algumas ações de marketing com a marca Amoroso. Ele ganhará royalties desses produtos e iniciará a fase de individualização do nosso departamento. Queremos fazer esse trabalho com os nossos principais atletas?, destaca Piron. A imagem de Amoroso será usada ainda para negociar os contratos de patrocínio para a próxima temporada. No momento, o clube tem assegurado apenas o apoio da Lupo, que estampa sua marca nos calções do time, para 2009. ?Ter alguém como o Amoroso no elenco, certamente, nos ajudará nas negociações com as empresas. Pretendemos anunciar o dono da nossa cota master ainda na primeira semana do ano?, conclui o vice-presidente de marketing do Guarani, que não descartou a continuidade da marca EMS na camisa. Já a FYM Motos retirou o apoio ao clube em virtude da crise financeira.