Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Torneio Uber de futebol feminino fecha mais dois aportes

Espaçolaser e Maratá patrocinarão torneio que começa nesta quinta-feira (29)

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 29/08/2019, às 11h42

Imagem Torneio Uber de futebol feminino fecha mais dois aportes

Desde o início do mês, quando a plataforma de mobilidade urbana Uber anunciou que seria patrocinadora e apresentadora do Torneio Uber Internacional Feminino de Seleções, a competição não parou de fechar patrocínios. Nesta quarta-feira (28), um dia antes do início do torneio, mais dois aportes foram confirmados.

Foto: Divulgação

Desta vez, a rede de depilação a laser Espaçolaser e a Indústrias Alimentícias Maratá anunciaram patrocínio ao campeonato. A captação da parceria entre as marcas e o torneio foi intermediada pela agência de marketing esportivo Wolff Sports. O acordo prevê a exposição da patrocinadora nas placas de campo dos quatro jogos do torneio, no pódio em que os troféus serão entregues e nas redes sociais.

A Wolff Sports já havia servido de ponte para a parceria do campeonato com a instituição financeira cooperativa Sicredi. Besni, Colgate, Fini, Kalunga e Wickbold, além, é claro, da Uber, também assinaram acordos para patrocinar o torneio.

A competição terá início nesta quinta-feira (29) e vai até o próximo domingo (1º), com jogos apenas no Pacaembu. Além do Brasil, farão parte do campeonato Argentina, Chile e Costa Rica. A abertura será nesta quinta-feira (29), às 19h, com Costa Rica x Chile. Na sequência, entram em campo Brasil x Argentina. No dia 1º de setembro, às 10h30, as perdedoras dos duelos do dia 29 se enfrentam na disputa pelo terceiro lugar, às 10h30. Depois, às 13h, as vencedoras da rodada inicial duelam pelo título.

O evento, que terá os jogos transmitidos pela TV Cultura e pelo SporTV, marcará as primeiras apresentações da seleção brasileira após a disputa da Copa do Mundo de Futebol Feminino na França, entre junho e julho deste ano, além da estreia da técnica sueca Pia Sundhage no comando da equipe nacional. O torneio também servirá como início da preparação do time para os Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem.