Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Toronto Raptors faz jovem canadense trocar hóquei por basquete

Sucesso da equipe na temporada da NBA tem "feito a cabeça" dos mais novos

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 10/06/2019, às 08h39 - Atualizado às 11h39

Imagem Toronto Raptors faz jovem canadense trocar hóquei por basquete

O esporte mais popular do Canadá está ameaçado pelo sucesso do Toronto Raptors. O desempenho do time na temporada da NBA tem feito com que o jovem do país troque o tradicional hóquei no gelo pelo esporte da bola laranja.

Uma pesquisa feita pelo Angus Reid Institute no Canadá mostrou que 40% do país decidiu acompanhar os playoffs da NBA depois que os Raptors conseguiram chegar às finais. Agora, com o time a uma vitória de se sagrar campeão sobre o favorito Golden State Warriors, até mesmo a soberania do hóquei dentro do país começa a ser colocada em xeque.

Scotiabank Arena, ginásio do Toronto Raptors, vem ficando lotado (Foto: Reprodução)

A pesquisa também questionou às pessoas o que elas fariam se tivessem de optar por assistir à final do basquete ou à Stanley Cup, a grande decisão do hóquei. Cerca de 38% dos canadenses mantiveram-se fiéis à tradição de seguir o esporte no gelo. Mas 33% das pessoas disse que acompanharia o basquete. Outros 29% disseram que não veriam nada.

A questão é que, entre os jovens, a popularidade do basquete está em alta. Para as pessoas entre 18 e 34 anos de idade, as finais da NBA são mais importantes que as do hóquei (45% contra 39% da preferência entre os homens, e 35% contra 32% entre as mulheres). A tradição fala mais alto entre os mais velhos. Os homens acima de 55 anos têm predileção pelo hóquei (49% assistiriam à NHL, enquanto 30% ao basquete). Já para as mulheres a diferença é menor (37% a 29%).

A pesquisa também mostra que os canadenses estão com o time: 47% das pessoas já consideram a equipe nacional. Provas claras de que o desempenho dentro de quadra ajuda - e muito - a ganhar adeptos fora das quatro linhas.