Trabalho social transforma Raí em embaixador

Raí será embaixador nacional da Twins for Peace no Brasil

Raí será embaixador nacional da Twins for Peace no Brasil

O trabalho social realizado com a Fundação Gol de Letra transformou o ex-jogador Raí em embaixador da marca Twins for Peace. A empresa de calçados lançou nesta semana a primeira loja conceito no Brasil, situada em um shopping de São Paulo, e toda a comunicação será baseada na imagem do tetracampeão mundial.

A Twins for Peace tem como principal mote a construção de uma marca socialmente engajada. Além de os tênis serem feitos com 90% de produtos reciclados e cola vegetal não agressiva, há um trabalho social associado. A cada par vendido, um par de calçados será doado à Fundação Gol de Letra.

“O jeito do Raí tem tudo a ver com o que nós buscamos para a marca no Brasil. Ele é um cara bem sucedido, cool e socialmente engajado”, explicou Fábio Justos, um dos sócios da Acaju do Brasil, empresa que trouxe a marca Twins for Peace para o Brasil.

Raí assinou contrato de dois anos com a Twins for Peace. Ele será embaixador nacional da marca, que também poderá explorar a imagem do ex-jogador na França – quando atleta, ele passou pelo Paris Saint-Germain entre 1993 e 1998.

O projeto da Twins for Peace para o Brasil também envolve a Fundação Gol de Letra. Em cada país, a marca escolhe uma ONG para ser parceira exclusiva.

Raí e a Fundação Gol de Letra serão os focos da comunicação da Twins for Peace para o lançamento da marca no país. A ideia é fazer um investimento comedido nessa área durante o primeiro ano, ao menos até que a Acaju tenha uma análise mais clara do desempenho da empresa no mercado nacional.

A meta da Acaju do Brasil é vender entre 15 mil e 20 mil pares de calçados no Brasil ainda em 2012. Além da loja no shopping Cidade Jardim, em São Paulo, a empresa distribuirá produtos para multimarcas espalhadas pelo país.

“Nossa linguagem será alinhada com o que é feito na França. O que nós queremos trabalhar no Brasil é esse conceito social. Vamos chegar tranquilos, sem ostentar muito”, completou Justos.