Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Turner exibirá Nations League pelo Youtube

Warner dividirá entrega de seis cotas de publicidade com o Google

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 03/09/2020, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Imagem Turner exibirá Nations League pelo Youtube

Portugal defenderá o título em 2020 (Foto: Uefa.com)

A Nations League, torneio que reúne seleções da Europa, começará nesta quinta-feira (3), após adiamentos por conta da pandemia do coronavírus. E, no mercado brasileiro, haverá uma novidade para os torcedores: uma transmissão gratuita da competição por streaming, pelo Youtube.

A plataforma do Google foi um acordo com a Warner, que detém a Turner. Pelo segundo ano, a empresa fará a transmissão do torneio no Brasil. Com exclusividade na exibição dos jogos, o grupo usará a marca Esporte Interativo na TNT e na Space, como já costuma fazer, e dessa vez também usará a parceria no streaming.

O plano é conseguir maior alcance com as transmissões e, dessa maneira, reunir mais parceiros comerciais para as partidas, com a divisão de ganhos com o Google. Serão seis cotas de publicidade disponibilizadas no mercado. Cada marca terá, além da exposição nos jogos, um trabalho de 'branded content' realizado pelas emissoras como entrega pela parceria ao longo da Nations League.

Em nota, o Youtube explicou o papel da companhia. "O YouTube traz para os parceiros a oportunidade de criação de uma janela complementar para promoção, distribuição e comercialização de pacotes de conteúdo premium, principalmente com futebol", comentou o diretor de parcerias da empresa, Eduardo Brandini.

Com o Youtube, a Warner espera aumentar o número de torcedores alcançados pela Nations League, um torneio que está apenas na segunda edição, mas que tem como mérito unir os principais jogadores da Europa. A empresa lembrou, em comunicado, que o torneio vem em seguida à Liga dos Campeões, que teve recorde de audiência na internet e na televisão paga no mercado brasileiro.

"Ter o YouTube ao nosso lado em mais uma competição da UEFA só reforça o valor do conteúdo esportivo, que é aquilo que as pessoas querem consumir. Com a força que a plataforma tem no mercado brasileiro, somada a nossa distribuição da Pay TV com TNT e Space, temos certeza de que a Nations League vai ser acompanhada por muito mais gente", reforçou o diretor da Turner, Diego Vieira.

O curioso é que o Youtube não será a única plataforma de streaming para a Nations League. O torneio também será exibido pela plataforma EI Plus, do Esporte Interativo. Mas, neste caso, é necessário arcar com uma mensalidade de R$ 13,90. Como diferencial, o torcedor tem todo o restante da programação esportiva da Turner no Brasil, como a transmissão do Campeonato Brasileiro.