UCL turbina Band, mas mantém Globo na média

No último sábado, o Barcelona se consagrou campeão da Liga dos Campeões da Europa, após derrotar o Manchester United por 3 a 1. A final do torneio europeu é um dos grandes eventos esportivos do ano, mas isso se traduziu em audiência apenas para a rede Bandeirantes. Para a Globo, os números apresentados não fugiram da média de um sábado à tarde.

A emissora carioca fez da decisão a sua terceira partida transmitida neste ano da competição. Antes, a aposta foi nos dois clássicos envolvendo Barcelona e Real Madrid, pela semifinal. Com a final de sábado – os outros jogos foram na quarta-feira –, a Globo conseguiu seu melhor Ibope com o torneio: foram 15 pontos de média.

O problema é que esse número não é nenhuma novidade para a emissora durante o horário, usualmente reservado para o Caldeirão do Huck. No sábado anterior, por exemplo, o índice foi superior, com 17 pontos de média. Nos dois anteriores, a emissora conseguiu 13 e 14 pontos de média. Em 2010, a decisão da Liga dos Campeões, entre Inter de Milão e Bayern de Munique, conseguiu 16 pontos de média.

Para a Band, por outro lado, o duelo europeu representou um aumento significativo de audiência no horário do sábado. Foram seis pontos de média, dois a mais do apresentado na decisão de 2010. Nos últimos dois fins de semana, com partida da Série B do Campeonato Brasileiro e com um amistoso da seleção feminina de futebol, a emissora teve três pontos de média no horário.

No último sábado, além das duas emissoras abertas, a Espn transmitiu a partida europeia.

A audiência de domingo, no mesmo horário, foi superior para a Globo. Com a partida entre Cruzeiro e Palmeiras, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, a emissora conseguiu 19 pontos de média. Já a Bandeirantes teve os mesmos seis pontos de média.

Automobilismo

As duas competições de automobilismo que foram transmitidas deram números mais altos de audiência do que tem acontecido neste ano. A Fórmula 1 teve o seu melhor desempenho, com 13 pontos de média no grande prêmio de Mônaco. Já na Fórmula Indy, com as 500 milhas de Indianápolis, a Bandeirantes também conseguiu seu melhor número em uma prova da modalidade, com cinco pontos de média.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.