Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Universidade Brasil amplia projeto para futebol feminino no Corinthians

Goleira do clube ganhou bolsa de estudos da patrocinadora e fará faculdade

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 08/03/2019, às 09h18 - Atualizado às 12h18

Imagem Universidade Brasil amplia projeto para futebol feminino no Corinthians

No Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta sexta-feira (8), a Universidade Brasil divulgou que ampliou o projeto que tem como patrocinadora do Corinthians para o futebol feminino e concedeu uma bolsa de estudos para a goleira Patrícia Araújo da Silva. Agora, a atleta terá a oportunidade de fazer faculdade, mais especificamente o curso de Processos Gerenciais a distância.

Inicialmente, a parceria era destinada apenas aos funcionários e pessoas de baixa renda de comunidades carentes e ONGs indicadas pelo clube paulista, por meio do projeto "Esporte com Educação". A cada vitória, cada gol marcado, cada partida sem sofrer gol e cada rodada na liderança do Corinthians no Campeonato Brasileiro rendem uma bolsa de estudo. No ano passado, foram destinadas 57, e, em 2017, ano do heptacampeonato brasileiro, 102.

Foto: Reprodução

A entrega de bolsas aleatórias ao "Esporte com Educação" para o futebol feminino do Corinthians partiu da extensão do projeto e também do desejo das atletas alvinegras de voltarem à sala de aula. Pelo menos 10 meninas vão realizar o vestibular. Nesta quinta-feira (7), Patrícia Araújo da Silva foi a primeira delas. 

"Nossa agenda é muito cheia, com treinos todos os dias e jogos, mas com um pouco de esforço e organização, creio que a gente consiga conciliar. É uma oportunidade única ter uma formação para quando encerrarmos a carreira. Sabemos que o futebol feminino não dá uma base forte como o masculino, por isso é importante ter algo paralelo, que nos dê algo no futuro", explicou a atleta.

Ela e as outras jogadoras tinham o desejo de fazer Educação Física, mas como esse curso precisa ser presencial de acordo com as normas do MEC, optaram por fazer um EAD (a distância), que desse sustentação e opções de trabalho a longo prazo.

"É importantíssima essa ajuda da Universidade Brasil, pois sem estudo não somos nada. E o Corinthians também tem papel fundamental nisso, pois além de nos oferecer esse curso, também oferece aula de inglês, ou seja, conseguimos nos preparar e sair com uma base para o dia em que não jogarmos mais", acrescentou Patrícia.

Vale lembrar que, além do Corinthians, a Universidade Brasil também possui parceria com Flamengo e Atlético Mineiro. Com o objetivo de atrelar ao futebol o plano de expansão da marca para futuros mercados, a instituição vem conversando com clubes do Sul e do Nordeste para fechar novos acordos.

"É uma parceria com via de mão dupla, mas o mais importante é a ajuda ao próximo, às pessoas que sempre sonharam em ter um diploma, mas nunca conseguiram. Nós conseguimos transformar isso em realidade", resumiu Fernando Costa, reitor da Universidade Brasil.