Vasco destaca mídia sociais para atrair patrocínios

Em ativação no Facebook, equipe insere logo de patrocinadores em fotos

Em ativação no Facebook, equipe insere logo de patrocinadores em fotos

Diante de negociações de patrocínio para 2012, não só a Copa Santander Libertadores tem sido usada pelo Vasco para convencer empresas a apostar na equipe. O marketing cruzmaltino se apoia na participação de torcedores em comunidades do clube na internet, no Twitter e no Facebook, para oferecer retorno mais consistente.

Na apresentação levada pelos profissionais vascaínos às empresas, há breve descrição sobre o modo no qual essas redes eram tratadas anteriormente. Em 2009, ano de posse de Roberto Dinamite, o site oficial era feito por terceiros, a atuação em mídias sociais era nula e se registrava o crescimento de redes não-oficiais, como o "NetVasco".

Após começar a apostar de forma mais sólida na internet a partir de 2010, com ações interativas com a torcida para a escolha de modelo de terceira camisa, pintura do estádio São Januário, reforma no vestiário e quem iria usar o número 113 em determinado jogo, o Vasco chega agora, ao fim de 2011, com cerca de 480 mil fãs no Facebook.

O número ainda é inferior a outros times. O Corinthians, por exemplo, tem 1,5 milhão de seguidores na rede de Mark Zuckerberg. O Flamengo, 1,2 milhão. Mas o Vasco tem usado o grau de atividade de seu público para bater esses times. O número de interações com essa rede após jogos tem balizado a argumentação vascaína.

O Corinthians, após a vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, teve 12,7 mil "curtir" e 4,8 mil "compartilhar" no Facebook ligados ao assunto. O Flamengo, contra o Internacional, também na penúltima etapa, registrou 2,5 mil "curtir" e 307 "compartilhar" após a vitória por 1 a 0.

O Vasco, por sua vez, teve 21 mil "curtir" e 26 mil "compartilhar" relacionados à vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, na mesma rodada. "Nossa audiência é participativa", resume Marcos Blanco, diretor de marketing da equipe. "Ter um torcedor engajado é muito melhor, um fruto do nosso trabalho de interatividade na internet".