Vasco estuda gestão de carreira para zagueiro Dedé

Dedé ovacionado em abertura de loja vascaína

Dedé ovacionado em abertura de loja vascaína

Em São Januário, Dedé está cada vez mais próximo de Neymar. O jovem zagueiro vascaíno tem se tornado no grande ídolo do clube e, com o apelo crescente, a diretoria carioca já pensa em maneiras de aumentar esse entusiasmo, tanto para os torcedores quanto para o jogador, entregando-lhe maiores possibilidades de marketing.

O departamento de marketing do Vasco teve a percepção definitiva do potencial do zagueiro junto aos torcedores na última sexta-feira. Na ocasião, o clube inaugurava mais uma loja de sua rede de franquias, em um shopping da zona norte do Rio de Janeiro. Com a presença de Dedé, o evento tomou proporções maiores do que o esperado.

Chamado de “mito”, “monstro” e até mesmo de “Dedéckenbauer”, em referência ao líbero alemão campeão do mundo em 1974, o zagueiro foi a grande atração do evento. Cerca de 400 torcedores o ovacionaram e se apertaram por um autógrafo ou uma foto.

Até o momento, assumir a carreira de Dedé não passa de uma intenção, mas o plano está em amadurecimento em São Januário. A comparação com Neymar está em como o Santos tem conseguido valorizar o atacante, que já recebe cerca de R$ 2 milhões mensais com patrocinadores.

O plano do Vasco teria início no próximo ano, mas o clube já dá mostras que quer fazer um melhor uso da imagem de seu zagueiro. Neste mês, o marketing carioca lançou dois modelos de camisa com homenagens a Dedé. O modelo foi lançado após o jogador ter feito dois gols contra o Universitario na Copa Bridgestone Sul-Americana.

Atualmente, a empresa que tem plano de utilização da imagem do atleta é a sua fornecedora de material, a Mizuno. Em setembro deste ano, a empresa fechou com Dedé para que o zagueiro seja o embaixador da marca no Brasil.