Vasco pretende lançar conteúdo em TV aberta

Televisão completa estratégia de comunicação do marketing vascaíno

Televisão completa estratégia de comunicação do marketing vascaíno

O torcedor vascaíno pode ter, até o fim do ano, conteúdo semanal sobre o clube carioca em rede aberta de televisão. O Vasco está em fase de negociações com emissoras e possíveis anunciantes e pode ocupar espaço da programação de algum canal brasileiro em nível nacional. O intuito é criar mais uma maneira de difundir informações sobre o time.

Durante os últimos meses, o Vasco se empenhou na estruturação da rede de franquias, na criação de novos produtos licenciados - alguns voltados para jogadores específicos, como Fernando Prass e Carlos Alberto - e na ampliação do quadro social. Com esses produtos em mãos, portanto, busca maneiras de levá-los à torcida vascaína em todo o Brasil.

Para atingir esse objetivo, foi criada revista oficial e foram reformulados o portal do clube na internet e a participação em mídias sociais. A Vasco TV seria mais um passo do marketing vascaíno para integrar plataformas de comunicação. "A televisão é uma evolução natural do "mini-conglomerado" de mídias do clube", explica Marcos Blanco, diretor de marketing da equipe, à Máquina do Esporte.

Como potencializador de negócios já existentes, os cariocas poderão receber adesões de torcedores espalhados em locais mais distantes por meio da divulgação pelo canal, por exemplo. Em Estados com menor concentração de vascaínos, como no Sul do país, a penetração do time cresceria, enquanto em Norte e Nordeste, onde já há boa quantidade de fãs, produtos seriam facilmente divulgados.

Ainda não há, contudo, confirmação de qual será a emissora responsável por ceder determinado período semanalmente ao Vasco, tampouco a decisão sobre a fórmula a ser aplicada. "Podemos ocupar uma hora por semana, duas vezes com meia hora cada, esse formato ainda não foi definido", diz Blanco. "O importante é que podemos gerar muito conteúdo exclusivo".

Não há, ainda, previsão precisa de quando a Vasco TV deve ir ao ar. O clube não trabalha com a hipótese de ativar a programação sem antes conseguir anunciantes suficientes para bancar o projeto. O time carioca também descartou a alternativa de cobrar assinaturas de torcedores.