Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Vasco quer atingir R$ 6 milhões com franquias

Rodrigo Capelo em São Paulo - SP Publicado em 02/08/2010, às 17h04

Imagem Vasco quer atingir R$ 6 milhões com franquias

No clássico contra o Flamengo, realizado no último domingo (1º), o Vasco utilizou pela primeira vez a nova camisa, criada com base no desenho usado entre 1974 e 1977, quando foi campeão nacional. Com nova gola e sem o patrocínio do Habib"s nas mangas, o clube aposta em mudanças mais nítidas em relação ao modelo anterior para aumentar o volume de vendas.

Agora, cabe à diretoria de marketing do time carioca trabalhar na divulgação do novo uniforme, até para aproveitar os bons resultados obtidos nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. "Estamos fazendo ações promocionais junto com a Penalty [fornecedora de materiais esportivos do Vasco]", afirma o diretor de marketing, Marcos Blanco, à Máquina do Esporte.

A camisa, entretanto, é apenas mais um elemento da estratégia traçada pelo clube que tem como objetivo alcançar renda anual de R$ 6 milhões em royalties. "Essa é a estimativa para quando nossa rede de franquias atingir a maturidade, ou seja, em torno de 50 lojas", explica Blanco.

Recentemente, o Vasco estruturou o sistema de franquias de lojas oficiais com o intuito de facilitar a venda de produtos licenciados. Pelo novo modelo, o lojista interessado desembolsa entre R$ 200 mil e R$ 250 mil e passa a administrar um estabelecimento oficial do time carioca. Até o fim de 2010, devem ser inauguradas entre 10 e 12 lojas - o objetivo é chegar aos 100 nos próximos cinco anos.