Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Virtualmente, Minas Arena divide estádio na final da Copa do Brasil

Na internet, torcida visitante será bem vinda no duelo entre Cruzeiro e Atlético

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 26/11/2014, às 10h00 - Atualizado às 12h00

Imagem Virtualmente, Minas Arena divide estádio na final da Copa do Brasil

Enquanto Atlético Mineiro e Cruzeiro brigam nos bastidores pelas entradas de visitantes na final da Copa Sadia do Brasil, a Minas Arena, concessionária que administra o Mineirão, lançou uma campanha no Twitter para dividir os torcedores dos dois times dentro do estádio.

Chamada de “Torcida de Gigantes”, a ação foi criada em conjunto com o Twitter. Para participar, o torcedor precisa apenas colocar uma mensagem na rede social com a hashtag #CruzeironoMineirao ou #GalonoMineirao.   

Em um hotsite criado pelo Minas Arena, há um Mineirão virtual com a porcentagem de tuítes de cada time. O estádio funciona como um gráfico, com torcedores em preto ou em azul. Até o fim da última terça-feira (25), os atleticanos eram maioria na arena, com 66%; o time joga com vantagem de dois gols de diferença, graças ao primeiro jogo no Independência.

A ação parece até uma provocação à situação vivida pelos dois clubes atualmente. Na primeira partida da final, o Atlético Mineiro abriu a carga para o Cruzeiro um dia antes da partida; o rival as recusou e o jogo teve partida única.

Agora, o Cruzeiro luta judicialmente para manter a carga do Atlético no Mineirão, de menos de dois mil ingressos, a proibitivos mil reais. O Ministério Público de Minas chegou a intervir para que a entrada baixasse a R$ 500. Ainda que seja liberada, a torcida visitante ficaria longe dos 10% do estádio, algo que se tornou norma no Brasil quando as arenas pararam de ser divididas igualmente.