Volta Redonda testa concessionária para chegar à Kia

No início deste mês, o time de vôlei de Volta Redonda anunciou uma parceria com a concessionária Kia Genial. Por dois meses e dois torneios, a marca entra como copatrocinadora, alterando inclusive o nome da equipe com o nome da empresa. No entanto, o plano da diretoria da equipe vai além da revendedora. O foca é a matriz brasileira da marca de carros.

A Kia Genial fica em Volta Redonda, mas a concessionária mantém ligações diretas com a Kia Motors no Brasil. A ideia da diretoria do Volta Redonda é mostrar que o vôlei é um caminho seguro para investimentos de marketing. Com dois torneios menores, a medição de mídia e retorno será feita e apresentada para a matriz brasileira.

Nesse acordo com a Kia Genial, a concessionária fica com a marca abaixo do patrocinador principal, a prefeitura de Volta Redonda, além do direito ao nome Kia Genial/Volta Redonda. A equipe já jogou a Copa TV Rio Sul e ainda participará da Copa Cimed e de amistosos como o que será feito contra o BMG/Montes Carlos, no fim desta semana.

Convencendo a Kia Motors, o plano do Volta Redonda é inverter a ordem dos patrocinadores para a Superliga masculina. Nesse caso, a prefeitura passaria a ser a copatrocinadora, enquanto a Kia seria a patrocinadora máster. A ideia de conseguir uma empresa para ocupar esse espaço era um dos objetivos da diretoria da equipe para esta temporada.

Manga

Independente da situação do patrocínio máster, o Volta Redonda já fechou um aporte para as mangas do uniforme. A transportadora Excelsior ficará com o espaço após acertar um acordo válido por um ano. Em troca da exposição, a empresa arcará com os custos de material esportivo necessários para o restante da temporada.