Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Opinião / André Stepan

Opinião: Após recordes nas redes, Botafogo tem novo objetivo para o conteúdo em 2022

Depois de obter maior engajamento da história, clube irá em busca de grade fixa para a Botafogo TV no ano que vem

André Stepan, especial para a Máquina do Esporte Publicado em 29/12/2021, às 07h45

Série "Acesso Total", em parceria com a Globo, foi uma das inovações da área de conteúdo do time alvinegro em 2021 - Divulgação
Série "Acesso Total", em parceria com a Globo, foi uma das inovações da área de conteúdo do time alvinegro em 2021 - Divulgação

Além do título da Série B do Campeonato Brasileiro em 2021 e do retorno à elite do futebol nacional no próximo ano, o Botafogo alcançou outras conquistas em novembro, quebrando, por exemplo, os próprios recordes de engajamento nas redes sociais. Para 2022, o principal objetivo da área de conteúdo digital será o desenvolvimento de uma grade fixa para a Botafogo TV.

De acordo com o perfil DeporFinanzas, em novembro, o time alvinegro obteve, em interações, 8,21 milhões no Instagram, 1,91 milhão no Twitter e 1,21 milhão no Facebook. No TikTok, foram 2,16 milhões de views. No YouTube, 1,9 milhão de likes, dislikes, comentários e views. Com os números, o Botafogo ficou no Top 10 dos times de futebol das Américas nos rankings das cinco plataformas.

Além do desempenho esportivo, que culminou com o título da Série B, o alto engajamento do Botafogo também se deve ao aumento da produção de conteúdo, à mudança de linguagem nas redes sociais, tornando o clube mais próximo de seu torcedor, e à realização de campanhas que tiveram como pilar principal a geração de conteúdo digital.

“O Botafogo realmente nunca tinha ocupado essas posições de destaque nos rankings de engajamento. E as situações que levaram a esse destaque são bem importantes. A primeira é o momento do time, mas, mais do que isso, foi uma linguagem mais solta e brincadeiras que passamos a fazer, como o Gordin, um torcedor que fez uma dancinha e viralizou. Em novembro, também teve a ação da camisa do manto da desigualdade, que foi impactante, e a campanha de prevenção do câncer de próstata, que teve participação do presidente”, comentou Lênin Franco, diretor de negócios do Botafogo, em conversa com esta coluna. 

“Outra ação de altíssimo engajamento foi da música do ‘Embalado’, que lançamos clipe, teaser, subimos nas plataformas, sempre fazendo cross de comunicação para promoção da música. Foi um resultado bem expressivo”, continuou.

Após consolidar o ótimo engajamento nas redes sociais, Lênin contou que, em 2022, será hora de dar mais um passo na área de conteúdo digital.

“Teremos um foco principal que é o desenvolvimento de uma programação para a Botafogo TV. Queremos variar entre programas ao vivo e gravados, que o torcedor já saiba o que terá para assistir em cada dia da semana. O desenvolvimento dessa grade será uma das nossas prioridades, e obviamente as demais redes sociais darão suporte para a produção e promoção deste conteúdo”.

Com as ideias tiradas do papel e a qualidade do conteúdo publicado nas redes sociais nos últimos meses do ano, não há muita dúvida de que a grade que está sendo preparada vai gerar interesse no torcedor. Que o Botafogo continue fazendo o excelente trabalho e seja mais um clube a posicionar o Brasil como país de destaque na produção de conteúdo para os fãs de futebol.

André Stepan é jornalista, pós-graduado em marketing esportivo, especialista em comunicação e conteúdo digital, e escreve mensalmente na Máquina do Esporte