Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Opinião / Kleber Borges

Opinião: Temos que cuidar da experiência dos fãs nos estádios

Gestores que cuidam de instalações esportivas precisam compreender as novas exigências do mercado para atrair e manter o torcedor

Kleber Borges, especial para a Máquina do Esporte Publicado em 29/11/2021, às 08h47 - Atualizado às 08h49

Estádios da NFL já possuem setores com poltronas e televisores para os torcedores acompanharem os jogos - Divulgação / Miami Dolphins
Estádios da NFL já possuem setores com poltronas e televisores para os torcedores acompanharem os jogos - Divulgação / Miami Dolphins

Nossas instalações esportivas estão vivendo um período de grande concorrência com os mais diversos meios de entretenimento e mídias, afastando nosso público dos estádios e ginásios. Além disso, a violência urbana, problemas de mobilidade e também a falta de organização dos próprios clubes e instituições dificultam muito esse desejo de sair de casa para acompanhar seu time de perto.

Infelizmente, são poucos os clubes e instituições que se preocupam com a experiência do torcedor. Esse mau atendimento é uma das piores coisas que podem acontecer a uma instalação. Será que o torcedor quer trocar seu sofá confortável e o banheiro limpo da sua casa por uma cadeira suja (quando tem cadeira) e um banheiro sem o mínimo de higiene?

Caso não haja uma modernização, vamos continuar perdendo o público para a concorrência. Continuarão sobrando mais espaços nos estádios, resultando na perda de patrocinadores e anunciantes.

Por todo o Brasil, é fundamental que haja a compreensão dos gestores e empresas que cuidam das instalações sobre a necessidade de compreender as novas exigências do mercado, para atrair o torcedor, garantir que continuem apoiando suas equipes presencialmente e permaneçam participando dos jogos e atividades. A presença do torcedor é importante para a arrecadação com a venda de produtos licenciados, estacionamento, alimentos e bebidas.

Oferecer algo mais para o torcedor, principalmente para aqueles fanáticos, atrai o desejo de estar presente e se divertir, envolvendo-se mais ainda com seu clube.

As instituições precisam investir mais tempo e esforços para trazer o público de volta, não apenas usando as redes sociais, mas também na busca de tecnologias que os ajudem a melhorar o envolvimento do seu público e as experiências no estádio. Não podemos esquecer que a parceria com os órgãos públicos é fundamental para o apoio com relação à segurança e à mobilidade.

É fundamental a presença do torcedor no estádio, e é preciso que sua experiência seja a melhor possível, fazendo-o querer voltar, independentemente do resultado final.

Acredite, não há nada igual a assistir a uma partida no estádio. É primordial que esse pensamento se mantenha na cabeça dos fãs, de geração em geração.

Kleber Borges é presidente da Alagid (Associação Latino-Americana de Gestores de Instalações Esportivas) e escreve mensalmente na Máquina do Esporte