Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Adidas anuncia que venderá Reebok

Redação Publicado em 16/02/2021, às 22h13

Imagem Adidas anuncia que venderá Reebok

A Adidas anunciou nesta terça-feira (16) que não ficará mais com a marca Reebok. A companhia alemã irá vender a unidade, adquirida em 2006, mas que não conseguiu se manter financeiramente vantajosa para o grupo.

A empresa dará início a um “processo formal de desinvestimento na Reebok”. Esse processo deverá ser feito nos próximos cinco anos, concluído apenas em 2026.

Ariana Grande com Reebok; celebridades foram uma aposta do grupo para reerguer marca (Foto: Divulgação)

No próximo dia 10 de março, a Adidas deverá realizar uma reunião e dar mais detalhes de como a Reebok será desintegrada ao grupo. Por ora, não houve declarações oficiais sobre o valor almejado na venda.

A Reebok, fundada no Reino Unido e com sede em Boston, nos Estados Unidos, foi comprada pela Adidas por US$ 3,8 bilhões em 2006. Na época, o plano era ter mais força para brigar por mercado com a Nike. Agora, a companhia alega que quer concentrar esforços na marca alemã.

"Depois de uma reflexão cuidadosa, chegamos à conclusão de que Reebok e Adidas serão capazes de melhorar significativamente sua potência de crescimento de forma independente", explicou o presidente do grupo, Kasper Rorsted.

Desvalorizada, a Reebook está avaliada em US$ 800 milhões.