Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Por metade do valor

Adidas estuda vender Reebok

Redação Publicado em 23/10/2020, às 13h51

Imagem Adidas estuda vender Reebok

Citando um relatório da Magazin, a Bloomberg diz que as partes interessadas na Reebok incluem a VF Corporation, proprietária das marcas Timberland e The North Face, bem como a Anta International Group Holdings da China.

Caso a Adidas busque a venda da Reebok, Rorsted se contentará com menos de US$ 2,3 bilhões que ele esperava antes da pandemia, acrescenta o gerente Magazin. Como resultado, a Adidas poderia acabar recebendo cerca da metade do que pagou pela Reebok 15 anos atrás.

A Adidas está explorando a possibilidade de vender a Rebook, de acordo com a Bloomberg. A gigante alemã adquiriu a concorrente americana em 2005 por US$ 3,8 bilhões.

Kasper Rorsted, o chefe executivo da Adidas, já desmentiu várias vezes os rumores de que estaria interessado em vender a Rebook desde que assumiu a liderança, em 2016.  Nos últimos anos, Rorsted tem visto as vendas da Reebok caírem, mas estas foram compensadas por medidas de redução de custos.

A venda da Reebok ajudaria a apoiar as finanças da Adidas enquanto a empresa continua a combater o efeito da Covid-19. As receitas da empresa diminuíram 35% em relação ao ano passado, indo de €5,509 bilhões em 2019 para € 3,57 bilhões neste ano.